Segunda, 22 de abril de 2019
(86) 99915-1055
Governo do Estado
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Isenção de visto

Postada em 19/03/2019 ás 20h19 - atualizada em 20/03/2019 ás 11h28

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Decreto de Bolsonaro vai causar perda de R$ 60 milhões
Brasil isenta visto para americano, mas nada muda para o turista brasileiro.
Decreto de Bolsonaro vai causar perda de R$ 60 milhões

As regras para a isenção da entrevista também mudaram: somente quem tem menos de 14 anos ou mais de 79 está dispensado-foto: Briansblog/Creative Commons

Decreto de Bolsonaro vai causar perda de R$ 60 milhões com isenção de visto

O governo federal vai deixar de arrecadar R$ 60,5 milhões por ano (em média) com a emissão de vistos para cidadãos dos Estados Unidos, do Canadá, da Austrália e do Japão. As informações são do Itamaraty. A perda de receita se dará porque o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou um decreto que isenta turistas desses quatro países da necessidade de um visto para entrarem no país. As novas normas entram em vigor a partir do dia 17 de junho.

De acordo com o Itamaraty, o Brasil emitiu 258.437 vistos para cidadãos destes quatro países em 2018. Os norte-americanos foram a maioria: 181.242, o equivalente a 70% desse montante.

Brasil isenta visto para americano, mas nada muda para o turista brasileiro.

A mudança anunciada hoje pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) por meio decreto, que isenta cidadãos de Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália, não assegura a reciprocidade aos cidadãos brasileiros que pretendem entrar nesses países -ou seja, sem reciprocidade, brasileiros vão continuar fazendo todos os trâmites de visto exigidos hoje por esses países, inclusive o pagamento de taxas e entrevistas.

No caso americano, a concessão de vistos aos brasileiros já tinha ficado mais complicada em 2017, quando o presidente Donald Trump alterou os procedimentos para solicitantes, ampliando o número de pessoas que são obrigadas a passar pela entrevista. Quem pede a renovação de seus vistos na mesma categoria desde 2017 passa por entrevista --antes, era dispensado se o pedido fosse feito até 48 meses após o vencimento.

As regras para a isenção da entrevista também mudaram: somente quem tem menos de 14 anos ou mais de 79 está dispensado. Antes, jovens entre 14 e 15 anos e solicitantes acima de 66 anos que pediam o visto pela primeira vez não precisavam realizar a entrevista no consulado.

Fonte: uol

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium