Domingo, 05 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

24° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.
Política Foco na Previdência
03/04/2019 12h20
Por: Jornalista Milton Atanazio

Bolsonaro embarca de volta ao Brasil e promete focar na Previdência

Bolsonaro embarca de volta ao Brasil e promete focar na Previdência

Presidente estava em visita oficial a Israel desde o último domingo (31)

“Vamos jogar pesado na Previdência, porque é um marco. Se der certo tem tudo para fazer o Brasil decolar” - Foto-  Clauber Cleber Caetano/PR
“Vamos jogar pesado na Previdência, porque é um marco. Se der certo tem tudo para fazer o Brasil decolar” - Foto-  Clauber Cleber Caetano/PR

O presidente Jair Bolsonaro já embarcou de volta para o Brasil, nesta quarta-feira (3), a partir do aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv, após três dias de visita oficial a Israel, onde estava desde o último domingo (31).

Ao deixar o hotel, ele falou com jornalistas e afirmou que o foco agora é a reforma da Previdência. “Vamos jogar pesado na Previdência, porque é um marco. Se der certo tem tudo para fazer o Brasil decolar”, afirmou.

Foi também este o motivo dado pelo Planalto para justificar a antecipação da volta ao país, que inicialmente estava prevista para o período da tarde. "No dia seguinte, ele já tem agendada uma série de encontros com parlamentares, visando o nosso objetivo principal nesse momento, que é o andamento da nossa nova Presidência", explicou o porta-voz Rêgo Barros, na tarde desta terça-feira (2).

Bolsonaro também se disse cansado, e voltou a afirmar que o Congresso é soberano para fazer alterações no texto da reforma. “O deputado, na ponta da linha, sabe onde calo aperta. A boa Previdência é a que passa. Quem vai bater o pênalti é Câmara, e depois Senado. O Parlamento é soberano para fazer os polimentos. Gostaria que passasse como chegou. Mas não existe projeto que não tem mudança, é coisa rara de acontecer”, destacou.

Fonte: Estadão Conteúdo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp