Segunda, 18 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Gilmar Araujo
Gilmar Araujo Correspondente do município.
Cidades Chuvas no litoral
04/04/2019 15h50 Atualizada há 3 anos
Por: Gilmar Araujo

Cajueiro da Praia registra pontos de alagamentos e Defesa Civil é acionada

O período chuvoso preocupa o litoral piauiense. Cajueiro da Praia (PI) já sofre com o resultado das chuvas dos últimos dias e em virtude desse quadro, a prefeitura solicitou ao Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Defesa Civil a inclusão do município na lista das cidades piauienses em estado de emergência.

De acordo com o secretário municipal de governo, Jairon Carvalho, a Prefeitura de Cajueiro solicitou à Defesa Civil medidas urgentes para o escoamento das águas dos pontos alagados, através da utilização de caminhões-pipa para a drenagem da água  desses locais, a mesma medida vem sendo adotada pela cidade vizinha Parnaíba (PI), que também sofre com os estragos causados pelas chuvas na região.

Foto: Prefeitura de Cajueiro da Praia
Foto: Prefeitura de Cajueiro da Praia

“A partir do momento em que se intensificaram as chuvas, o Dr. Girvaldo (prefeito) e sua equipe está fazendo visitas e identificando os locais mais críticos, por exemplo, Barrinha, onde tem vários quintais alagados e casas com a água muito alta. Nós já comunicamos a Defesa Civil e estamos aguardando a manifestação do órgão”, explica Jairon Carvalho.

Nesta sexta-feira (5), está prevista uma reunião às 7h30 da manhã com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, onde deve ser editada a minuta que decreta o estado de emergência local.

Cajueiro da Praia, felizmente, ainda não registra nenhuma situação de famílias desabrigadas em virtude das chuvas. No entanto, a situação é preocupante em bairros estratégicos como: Praça Central de Barra Grande (pólo turístico do município); além de Barrinha; e o bairro “Bico do Gavião”, onde uma casa foi destruída por força das últimas chuvas.

Previsão de mais chuvas acima da média

A previsão é que as chuvas continuem intensas até a primeira quinzena de abril, apesar disso cidades como Parnaíba, Cajueiro da Praia, Luis Correia, Teresina e Alto Longa registraram milímetros de chuvas acima da média é o que indica a previsão da meteorologista da Gerência de Hidrometeorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), Sônia Feitosa. 

A meteorologista indica que a quadra chuvosa deve se estender na região por conta do fenômeno Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que este ano está causando ainda mais o aquecimento das águas do oceano atlântico.

(Fonte: Meio Norte)

Parnaíba e Luis Correia também sofrem com as chuvas

O número de desabrigados em Parnaíba aumentou após as chuvas da madrugada desta quinta-feira (04). Cerca de 200 pessoas tiveram que sair de suas casas e 1200 casas foram atingidas diretamente pelas chuvas.

Carros-pipa e bombas hidráulicas continuam a retirar a água empossada nas áreas mais afetadas pela chuva, como nos bairros Piauí, Catanduvas e São Judas Tadeu.

O prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo, decretou situação de emergência após as fortes chuvas que foram registras no município, localizado no Litoral do Piauí. O decreto, publicado nessa terça-feira (2), afirma que devido à situação muitas famílias estão desabrigadas devido às inundações ocorridas na região.

A Defesa Civil Municipal de Luís Correia e o Corpo de Bombeiros de Parnaíba atuam na região. Após o decreto, a prefeitura busca implementar ações de contenção, suportes de respostas a desastres e reparar áreas públicas que foram danificadas pelas águas pluviométricas.

De acordo com o prefeito, o volume de chuvas já superou o do ano passado e a população que reside em áreas de risco precisa de apoio. "Estamos pedindo ajuda para tentar minimizar o sofrimento das famílias com doações de alimentos, medicamentos e colchões”, disse Kim do Caranguejo.

(Fonte: G1 Piauí)

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp