Domingo, 26 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

22°

20° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Gilmar Araujo
Gilmar Araujo Correspondente do município.
Cidades Turismo
07/04/2019 16h41 Atualizada há 3 anos
Por: Gilmar Araujo

Cajueiro e suas praias de beleza singular

Dono de uma beleza única, o município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, chama a atenção de visitantes de todas as partes do mundo. A pacata cidade está entre os 14 destinos da Rota das Emoções. Sua faixa litorânea ainda é uma das mais bem preservadas do Brasil. São 66 km de praias paradisíacas, cenários exuberantes, que encantam turistas e até de quem é nativo do lugar. Praias como, Barra Grande, Barrinha, Sardim, Morro Branco, Praia do Cajueiro e a praia da Itam.

Confira o Guia que preparamos das praias do litoral de Cajueiro. Programa-se e divirta-se:

Foto: BGK
Foto: BGK

Barra Grande

Porta de entrada do turismo na região, Barra Grande é considerada uma das principais atrações de quem visita o litoral piauiense. E não é atoa esse lugar de destaque, pois a pequena e charmosa vila de pescadores reserva experiências incríveis tanto para quem busca descanso e sossego, quanto para os mais aventureiros.

A calmaria do rio Camurupim ou mesmo da praia na maré baixa e sem ventos é um convite para quem gosta de praticar o stand up paddle. O esporte, que também não deixa de ser uma terapia, tem ganhado cada vez mais adeptos. Quem visita a região e deseja aprender a prática do SUP, o curso básico tem uma carga horária de 10 horas com instrutor (consulte quais pousadas oferecem o serviço).

Praia de Barra Grande-PI (Foto: André Hanni)
Praia de Barra Grande- PI, uma das mais visitadas. (Foto: André Hanni)
Stand up puddle, esporte praticado na região (Foto: G1)

E os aventureiros também são privilegiados com os ventos fortes da Barra Grande, que propiciam a prática do kitesurf, outra modalidade esportiva que é uma das marcas do lugar. Inclusive, já sediou campeonatos nacionais de kite. Outro grande atrativo é o passeio do cavalo-marinho da Barratur, uma verdadeira contemplação com a natureza. A associação, formada por nativos, também dispõe de uma loja de artesanatos produzidos a partir de matéria-prima local, como a palha de carnaúba, conchas, etc.

A grande rede hoteleira, composta de pousadas com arquitetura rústica e outras mais sofisticadas, além de bares e restaurantes estão à disposição dos visitantes. As hospedagens vão desde quartos para casal até acomodações para famílias de quatro pessoas ou mais. Os preços das diárias variam de R$ 145 a R$ 600 reais.

Barrinha

Praia da Barrinha (Foto: Bobz Boutique Resort)

Saindo de Barra Grande, há apenas 2km de distância está a praia da Barrinha, menos badalada que a vizinha, mas, exuberante e dona de cenários cinematográficos. Na ponte que liga as duas localidades do município está um cenário de tirar o fôlego. Lá está localizado o Bobz Boutique Resort e a Casa Rio da Barra. Hospedagens que agregam a sofisticação e conforto com a rusticidade. Tudo para lembrar ao visitante que ele está no “paraíso ecológico” do Piauí.

Barrinha conta com pousadas de arquitetura única (Foto: Divulgação)
Café da manhã do Bobz Boutuque Resort (Foto: Divulgação)

O Bobz é considerado um dos mais conceituados hotéis da região, com acomodações que prezam pelo conforto do hóspede e a sustentabilidade ambiental. A atração principal do lugar é uma piscina infinita com serviço de bar e uma passarela que dá acesso ao mar.

A Casa Rio da Barra, também localizada na Barrinha, dispõe de acomodações para até 11 pessoas em uma área privilegiada pelo contato com a natureza. A casa-pousada foi premiada, recentemente, pela Revista Vogue Casa pela arquitetura única.

Sardim

Ponta do Sardim (Foto: divulgação)

Caminhando mais um pouco está a Praia do Sardim, um pedaço deste “paraíso” intocado pelo homem. Na praia, mais especificamente, não existem construções. Só mais a frente, quem caminha pela orla irá encontrar uma pousada que recebe eventos nacionais, como o Reivéillon Piawai.

Morro Branco

A faixa de praias do Cajueiro é extensa para quem não abre mão de caminhar contemplando paisagens espetaculares, como a praia do Morro Branco, que também não fica de fora da lista de uma das mais bonitas deste litoral. A praia também não conta com estrutura de pousadas. Mas, andando um pouco se pode observar casas de pescadores, que apesar da simplicidade tem como quintal ou a própria janela: o mar.

Praia do Cajueiro e Praia da Itam

Mirante na praia de Cajueiro (Foto: Paulo Barros)
Torre de observação do peixe-boi marinho (Foto: Blog Raizes do Mundo)
Foto: Chico Rasta

Neste panorama, a nossa viagem encerra na praia do Cajueiro e a da Itam. As duas são conhecidas pela beleza rara que seduz quem vem pela primeira vez na região. Ali está localizada a torre de observação do peixe-boi marinho (animal dócil ameaçado de extinção), mantida pelo projeto que leva o mesmo nome do animal. Esse é somente um dos atrativos, pois o local conta ainda com uma das mais bem preservadas faixas de manguezal do nordeste brasileiro, berço para a reprodução de espécies marinhas e aves migratórias, inclusive de outros continentes.

A estrutura hoteleira do lugar ainda caminha de forma tímida. São apenas 2 pousadas familiares, com diárias a partir de R$ 50,00/por noite e um restaurante e chalé na praia. Próximo a praia da Itam está localizado outro grande ponto turístico, o Cajueiro Rei, que segundo pesquisas é o maior cajueiro do mundo em extensão, com 8.832 metros quadrados, inclusive, maior que o de Pirangi- RN.

Cajueiro da Praia, sem dúvida é um programa a parte para todos os gostos. O que não falta é motivos para curtir esse pedaço do litoral piauiense.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp