Sexta, 03 de abril de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Full Banner Cachoeiras
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Partidos Políticos

Postada em 09/04/2019 ás 13h35

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Bolsonaro volta a receber dirigentes partidários para discutir reforma...
Presidente se reuniu nesta terça-feira (9) com representantes do PR e do Solidariedade
Bolsonaro volta a receber dirigentes partidários para discutir reforma...

Presidente do SD, deputado Paulinho da Força, após encontro com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto — Foto: Guilherme Mazui/G1

Bolsonaro volta a receber dirigentes partidários para discutir reforma da Previdência

Presidente se reuniu nesta terça-feira (9) com representantes do PR e do Solidariedade. Na semana passada, Bolsonaro se encontrou com presidentes de seis partidos.

O presidente Jair Bolsonaro retomou nesta terça-feira (9) as conversas com dirigentes partidários em busca de apoio para aprovação da reforma da Previdência no Congresso Nacional.

Reforma da Previdência: entenda a proposta ponto a ponto

Acompanhado do ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Bolsonaro recebeu nesta terça, em reuniões separadas no Palácio do Planalto, representantes do PR e do Solidariedade (SD). Na semana passada, ele esteve com os presidentes de outros seis partidos: PRB, PP, PSDB, DEM, MDB e PSD.

Bolsonaro se reúne com líderes de partidos para articular Previdência

Jornal Nacional (Assista ) https://globoplay.globo.com/v/7514885/

Os representantes do PR e do SD afirmaram a jornalistas, após os encontros, que as duas legendas não entrarão na base de apoio parlamentar do governo e não pretendem fechar questão a favor da reforma, que atualmente é discutida na Câmara dos Deputados.

Os dirigentes ainda disseram que não desejam cargos na administração federal. O PR tem atualmente 38 deputados, e, o SD, reúne 14.

"Não somos da base do governo nem o partido vai fechar questão em relação à reforma da Previdência e em nenhuma outra reforma. Vamos tentar organizar o partido, como sempre fizemos, para que o partido vote em defesa da reforma da Previdência, promovendo estes ajustes", disse o ex-ministro Alfredo Nascimento, presidente de honra do PR.

Nascimento defendeu ajustes no projeto enviado pelo governo em pontos como o benefício de prestação continuada (BPC) e o tempo de serviço para que professores possam se aposentar.

Presidente do SD, deputado Paulinho da Força, após encontro com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto — Foto: Guilherme Mazui/G1

O presidente do SD, deputado Paulinho da Força (SP), afirmou que explicou a Bolsonaro a necessidade de altera partes da reforma, como o BPC e as regras do trabalhador rural. Ele também defendeu tirar estados e municípios da reforma.

"Achamos que a Previdência dos estados tem que ser tratada em cada estado. Não dá para o governo ficar lá falando mal da reforma e os deputados aqui em Brasília assumindo o ônus da reforma", argumentou Paulinho.

Segundo o parlamentar, Bolsonaro "até gostou" da ideia, enquanto Onyx afirmou que o tema deve ser tratado na Câmara.

Paulinho também ressaltou que são necessárias mudanças na idade mínima. Ele sugeriu 62 anos homens e 59 para mulheres, enquanto o texto do governo prevê 65 para homens e 62 para mulheres.

O deputado ainda criticou a proposta de regime de capitalização, no qual cada trabalhador contribui para financiar sua própria aposentadoria. Paulinho disse que terá de construir uma proposta para assegurar a contribuição patronal. Ele também deseja incluir instituições financeiras e entidades sindicais na criação de fundos de pensão.

Conselho

Os dirigentes de PR e SD disseram que Bolsonaro reforçou a intenção de criar um conselho para assegurar o diálogo com partidos. Participariam do colegiado presidentes de partidos e seus respectivos líderes na Câmara e no Senado.

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium