Sexta, 28 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

22°

22° 30°

Teresina - PI

Últimas notícias
Wellington Siqueira
Wellington Siqueira Blog do Município de Campo Maior.
Cidades Reportagem
22/04/2019 13h17
Por: Wellington Siqueira

Prefeito Professor Ribinha fala sobre reportagem exibida na Rede Globo

Uma reportagem exibida na manhã desta segunda-feira (22/04), no programa Hora 1, da Rede Globo, omitiu informações e imagens que poderiam esclarecer a população a verdadeira situação da comunidade Passagem da Negra, em Campo Maior. O prefeito Professor Ribinha afirmou que a reportagem tem o intuito político e que tentou ridicularizar o município em rede nacional.

Os equívocos começam no momento em que a apresentadora Monalisa Perrone anuncia a reportagem. “Imaginem ter que atravessar um rio todo santo dia para ir para escola ou para o trabalho. É inadmissível, né? Pois é. Essa, gente, é a realidade dos moradores de uma comunidade de Campo Maior, no Piauí”, afirma.  Porém, os alunos da comunidade Passagem da Negra não atravessam mais rio.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após assistir o conteúdo, o prefeito Professor Ribinha se disse triste com a abordagem da reportagem. “Usaram da má fé. Nossos alunos não atravessam o rio. Isso porque tivemos a reponsabilidade de colocar uma Van e construir uma estrada alternativa, mesmo sendo mais distante, para evitar aquele constrangimento”, disse.

O prefeito afirmou que membros da oposição incentivaram os pais atravessarem seus filhos no dia que a reportagem esteve no local para que a emissora de tv pudesse filmasse. “Mesmo o transporte estando na porta de casa, alguns de forma irresponsável fizeram as pessoas atravessarem para causar um choque na matéria. Não tenho dúvida que isso tem o intuito político”.

A matéria teve entorno de 3 min de duração.  O tempo reservado para as explicações da prefeitura, contudo, são 12 segundos. O prefeito Professor Ribinha lamentou que suas explicações foram cortadas e que as imagens dos dois projetos elaborados e protocolados nos governos do Estado e Federal foram omitidas.

“Expliquei que temos dois projetos para a Passagem da Negra. Um, da construção de uma ponte, no valor de 1,5 milhão. E, outro, de uma Passagem Milhada, orçada em 700 mil. Afirmei que o município não tem condições financeiras para arcar com a obra e recorremos ao governo do Estado e governo Federal para que nos ajude com a obra. Mas os dois alegam dificuldades financeiras”, esclareceu.

O prefeito disse que levou os projetos, a equipe de reportagem filmou, mas não entende o motivo que as imagens foram omitidas. “Mostrei os projetos e eles filmaram. Disse também que o município fez o que está dentro das nossas possibilidades: colocar o transporte e a estrada alternativa. Não sei por que omitiram tudo isso”.

Veja agora a fala do prefeito durante a entrevista

Fonte: CCOM
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp