Quarta, 29 de janeiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Maia critica

Postada em 24/04/2019 ás 09h56 - atualizada em 24/04/2019 ás 11h52

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Após CCJ, Guedes agradece a Maia e governo monitora Centrão na ...
Maia fez críticas
Após CCJ, Guedes agradece a Maia e governo monitora Centrão na ...

Maia critica articulação política do governo

Após CCJ, Guedes agradece a Maia e governo monitora Centrão na relatoria da comissão especial

Após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na noite desta terça-feira (23), o ministro da Economia, Paulo Guedes, mandou uma mensagem ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), agradecendo pela vitória.

O deputado também fez elogios a Paulo Guedes, pelo trabalho da equipe econômica durante o processo na CCJ junto a parlamentares.

No entanto, Maia fez críticas à falta de articulação política do governo, e já declarou que o presidente Jair Bolsonaro terá de “entrar mais” para aprovar a Previdência.

“Toda hora eu ter essa energia para aprovar, não vou ter, precisam ajudar”, repetia Maia a aliados nesta terça, após a votação, na residência oficial da Câmara.

O deputado quer afastar a ideia de que a responsabilidade pela Previdência é só sua. Por isso, fez questão de “chamar à responsabilidade” o presidente no processo, a partir de agora.

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cumprimentou o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), durante sessão da CCJ — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Passada a etapa inicial na CCJ, o próximo passo é definir a instalação da comissão especial e quem ocupará a relatoria dos trabalhos. Maia afirma que ainda não escolheu o relator, e o Centrão pressiona para indicar o nome – o que preocupa o governo.

Motivo: os deputados do bloco, ao lado da oposição, foram os principais articuladores para atrasar os trabalhos da Previdência na CCJ.

O governo teme mais problemas na comissão especial, que é justamente o momento mais crucial, por se tratar da discussão do mérito (o conteúdo) da reforma.

Governadores

Governadores que participam das articulações da Previdência estão apreensivos e reclamam que, quando o governo federal resolver o tema no Congresso, eles serão “deixados de lado” e suas demandas não serão atendidas.

A queixa foi discutida na terça, na capital federal, a portas fechadas, por governadores.

Por sugestão do governador Ronaldo Caiado (GO), ficou combinado que eles irão no dia 9 de maio ao Supremo Tribunal Federal (STF) falar com todos os ministros para desafogar pautas que tratam da lei de responsabilidade fiscal.

Também querem uma reunião com o Paulo Guedes e Bolsonaro.

No dia 8 de maio, vão levar suas reivindicações aos presidentes da Câmara e do Senado.

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium