Sábado, 24 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

19° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Avaliação
24/04/2019 11h38 Atualizada há 2 anos
Por: Bruno Paz

Pesquisa Ibope diz que 35% da população aprova governo Bolsonaro

O governo Jair Bolsonaro (PSL) é aprovado por 35% da população. Os dados são da pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e divulgada hoje (24). O desempenho do governo variou dentro da margem de erro, em relação à última pesquisa do instituto, em março. De acordo com o Ibope, 35% consideram o governo "ótimo ou bom"; 27% "ruim ou péssimo" e outros 31% classificam como "regular", e 7% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

O levantamento foi realizado entre os dias 12 e 15 de abril, com 2 mil pessoas, em 126 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Foto: Alan Santos
Foto: Alan Santos

A última pesquisa Ibope, divulgada em março, indicou que a Presidência de Bolsonaro tinha a pior avaliação dos últimos 24 anos. Naquele estudo, 34% da população considerou a gestão "ótima ou boa". Entre os presidentes eleitos e em primeiro mandato, Bolsonaro tem a pior avaliação em início de governo.

Fernando Collor (maio de 1990) foi classificado como "ótimo ou bom" por 45% dos entrevistados; contra 41% de Fernando Henrique Cardoso (março de 1995); 51% de Luiz Inácio Lula da Silva (março de 2003) e 56% de Dilma Rousseff (março/2011).

O instituto comparou o governo de Bolsonaro ao do último presidente, Michel Temer (MDB). Para maioria dos entrevistados, o atual governo é "melhor" em comparação ao governo Michel Temer: Melhor: 51% Igual: 31% Pior: 13% Não sabe ou não respondeu: 5%.

O gerente executivo de pesquisa da CNI, Renato da Fonseca, considerou que a avaliação do governo teve queda quando comparada com a expectativa da população, em dezembro. "Na pesquisa de dezembro, ainda no governo Temer, 64% estavam com expectativa de que o governo seria ótimo ou bom e que para 14% ruim ou péssimo. Há uma queda nessa percepção", disse. Segundo Fonseca, o governo não conseguiu convencer as pessoas que está seguindo uma agenda que elas gostariam. "Outro ponto importante é que grande parte da avaliação do presidente é baseada na avaliação da economia. E a economia brasileira está parada” considerou.

Fonte: Uol
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp