Terça, 12 de novembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Mudança no PSL

Postada em 02/05/2019 ás 10h08 - atualizada em 02/05/2019 ás 10h39

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Eduardo Bolsonaro vai presidir PSL em SP e promete ‘filtro’ em filiados
Eduardo vai suceder ao senador Major Olímpio (PSL-SP), que anunciou na semana passada a decisão...
Eduardo Bolsonaro vai presidir PSL em SP e promete ‘filtro’ em filiados

© Joshua Roberts O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, anunciou nesta quarta-feira, 1º, que foi designado para ser o novo presidente do PSL em São Paulo. Eduardo vai suceder ao senador Major Olímpio (PSL-SP), que anunciou na semana passada a decisão de deixar o cargo.

Pelas redes sociais, o deputado federal afirmou que instalará no diretório “um filtro com a ajuda de compliance” na definição dos integrantes locais da legenda. Segundo Eduardo, esse “filtro” será exercido em parceria com a advogada Karina Kufa, que representou Jair Bolsonaro na Justiça Eleitoral ao longo do pleito do ano passado.

Na publicação, o novo presidente do PSL-SP disse estar “ciente de que a missão do partido é proporcionar que pessoas identificadas com as bandeiras conservadoras e de economia liberal tenham a chance de fazer política de dentro dos poderes Legislativo e Executivo”.

A decisão de Eduardo Bolsonaro em assumir o cargo marca uma inflexão na relação da família com o PSL. Desde o começo do ano, em mais de uma oportunidade já foi ventilada a possibilidade de uma saída em grupo da legenda para fundar um novo partido de direita ou aderir ao movimento para recriar a antiga UDN, em reação às suspeitas sobre candidaturas laranjas no PSL. A migração perdeu força e foi substituída pela tese de reforma interna do partido.

Em seu anúncio, Eduardo afirmou ver a possibilidade de fixar o partido como o representante da direita brasileira. “Estamos diante de uma oportunidade única em que é preciso coragem para executar os planos que tanto defendemos. Sendo assim, não podemos permitir que essa oportunidade de se firmar um partido de direita vá por água abaixo”, escreveu. Uma hipótese já aventada para o futuro do PSL é a alteração do “S” de Social pelo “C” de Conservador.

 

Fonte: Veja

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium