Quarta, 18 de setembro de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 98104-5810
Cabeceiras do Piauí

Cabeceiras do Piauí

Francisco Rocha Correspondente do município.

[email protected]

(86) 98104-5810

Cidades - Foco

Postada em 06/05/2019 ás 16h11 - atualizada em 06/05/2019 ás 16h29

Publicada por: Francisco Rocha

Confirmado foco de peste suína em Cabeceiras do Piauí
O GEASE, da Adapi, informou que o foco de Cabeceiras do Piauí foi eliminado ainda no domingo (5).
Confirmado foco de peste suína em Cabeceiras do Piauí

Imagem ilustrativa.

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) confirmou nesta segunda-feira (6) que foram detectados mais quatro focos de peste suína no estado. Foram 3 em Murici dos Portelas e 1 em Cabeceiras do Piauí. Ao todo, já são 6 focos em todo o Piauí. Os dois primeiros foram em Lagoa do Piauí.

O Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas (GEASE), da Adapi, informou que o foco de Cabeceiras do Piauí foi eliminado ainda no domingo (5). Na ação 43 animais foram sacrificados pelas equipes da Adapi.

“As demais ações para a eliminação dos focos em Murici dos Portelas já estão sendo adotadas”, informou a Adapi.

De acordo com o órgão, nestes novos focos identificados serão eliminados aproximadamente 80 animais, todos em criações extensivas.

O GEASE informa ainda que a eliminação dos focos está seguindo, rigorosamente, a legislação federal, ou seja, a Instrução Normativa Nº 27, de 20 de abril de 2004, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

“Os trabalhos de atendimento às notificações e vigilância estão sendo realizados em todo o estado através das operações determinadas pelo COEZOO (Centro de Operações em Emergência Zoossanitária para Peste Suína Clássica) do Piauí, cujo telefone para atendimento a notificações é o (086) 98825-5250”, informa a Adapi.

A Ascom informou que a prefeitura de Cabeceiras, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, em parceria com a Adapi, está tomando todas as medidas de combate aos focos e redobrando toda a atenção no campo para evitar o avanço da infecção no município.

De acordo com os técnicos da ADAPI, a peste suína, que também é conhecida como “febre suína” ou “cólera dos porcos”, é uma infecção altamente contagiosa e muitas vezes fatal entre os suínos, no entanto não afeta o ser humano. Alguns dos sintomas da peste suína clássica são: hemorragia, febre alta, vômitos, diarréia e falta de apetite.

Fonte: Cidadeverde.com

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium