Segunda, 27 de maio de 2019
(86) 99915-1055
redacao@portalr10.com
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Internacional - Igualdade

Postada em 17/05/2019 ás 10h15

Publicada por: Bruno Paz

Taiwan se torna o primeiro país da Ásia a legalizar união gay
A conquista foi bastante comemorada pela comunidade LGBT do país.
Taiwan se torna o primeiro país da Ásia a legalizar união gay

Foto: REUTERS/Tyrone Siu/Direitos Reservados

Taiwan se tornou nesta sexta-feira (17) o primeiro país da Ásia a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Os parlamentares taiwaneses aprovaram, por 66 votos a favor e 27 contra, uma lei que autoriza "uniões permanentes exclusivas" para casais do mesmo sexo e permite que eles solicitem um "registro de casamento" em agências governamentais.

A votação de hoje deu aos casais do mesmo sexo quase todos os direitos associados a um casamento, que incluem questões como impostos, seguro e guarda de crianças. No entanto, não foi incluída na legislação a equiparação completa dos direitos de adoção. Casais homossexuais de Taiwan poderão registrar seu casamento a partir de 24 de maio.

A votação ocorreu no Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia e representou uma grande vitória para a comunidade LGBT do país. A votação foi acompanhada, perto do Parlamento taiwanês, por milhares de defensores dos direitos dos homossexuais, que se abraçaram sob chuva quando a aprovação foi anunciada.

Mais de 35 mil pessoas marcharam pelas ruas de Taipé até o Parlamento, pedindo aos legisladores que não discriminassem pessoas do mesmo sexo que desejassem se casar e que votassem a favor da união civil igualitária.

A Aliança de Taiwan para Promover os Direitos de Parceria Civil afirmou que a votação favorável significa que o país abriu "nova página em sua história".

A presidente da República da China (nome oficial de Taiwan), Tsai Ing-wen, saudou o resultado como "grande passo em direção à verdadeira igualdade". O texto mais progressista sobre o assunto, e que foi aprovado, foi apresentado pelo partido dela.Grupos conservadores afirmaram que a aprovação não reflete a vontade da população. Parlamentares da ala conservadora tentaram remover referências ao casamento e propuseram outro nome para as uniões do mesmo sexo, mas esses projetos foram descartados.

Fonte: Agência Brasil

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Amarante-PI Por Diogo Costa

Mães recebem homenagens nas escolas de Conceição, Malhadinha e Tia Suzana

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Olho D'água empata com St° Ant° dos Milagres no 3° Copão Ampar

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Seleção de Lagoinha do Piauí empata com Palmeirais em 1 x 1 dentro de casa

Lagoa do Piauí Por Tarcísio Oliveira

Prefeitura realiza tradicional Festa das Mães em Lagoa do Piauí

Francinópolis Por Odair Morais

Grupo Educacional - GE5 realizou I Encontro de Gestão em Francinópolis

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium