Quarta, 23 de outubro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo do Estado Out 16 a 30.10.2019
[email protected]
(86) 98104-5810
Cabeceiras do Piauí

Cabeceiras do Piauí

Francisco Rocha Correspondente do município.

[email protected]

(86) 98104-5810

Cidades - Urbanização

Postada em 17/05/2019 ás 11h26 - atualizada em 17/05/2019 ás 14h36

Publicada por: Francisco Rocha

Obra de urbanização do açude Cabeceiras ainda está por concluir
A obra é um convênio do Ministério da Integração Nacional via Codevasf.
Obra de urbanização do açude Cabeceiras ainda está por concluir

Vista de parte da obra de urbanização do açude Cabeceiras.

A obra de urbanização do açude Cabeceiras é outra que está pendente de conclusão. A vigência do convênio ainda é do final do ano de 2008. O projeto consiste na construção de 08 quiosques equipados com bar, cozinha e banheiro, localizados nas áreas próximas ao açude, construção de 09 edificações para comércio artesanal, construção de uma quadra de areia e dois chuveiros, execução de pavimentação intertravada de blocos de concreto e pavimentação em paralelepípedo e implantação de taludes laterais à margem do açude e iluminação pública. Pelo menos é o que descreve o Portal da Transparência do Governo Federal, que pode ser acessado por qualquer cidadão comum, que tem o direito de saber no que e de que forma os recursos públicos são aplicados.

Orçada em R$ 471.914,71 (quatrocentos e setenta e um mil, novecentos e quatorze reais e setenta e um centavos), do valor total do convênio do Ministério da Integração Nacional e Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) 81,58% do convênio já foram liberados, o que indica que a conclusão não está muito distante. O fim da vigência está previsto para 07 de novembro de 2019.

Considerada de mau gosto e sem senso de estética por grande parte da própria população da cidade, a obra já foi até alvo do vandalismo. Portas dos quiosques e bares foram arrebentadas, depredadas e as dependências estão sujas de fezes humanas. Apenas permanecem intactos a pavimentação e o muro no entorno do açude, construído ainda no ano de 2014, que atrapalha a visão do açude e é alvo de críticas de grande parte dos cabeceirenses, de acordo com manifestações publicadas nas redes sociais.

Com parte dos quiosques construídos praticamente no leito da piscina natural e sendo atingidos pelas cheias durante o período chuvoso, resta saber quem vai querer ocupá-los em meio à inundação, é o que questionam os internautas.

 

 

O QUE DIZ A PREFEITURA.

O prefeito do município de Cabeceiras do Piauí, José Joaquim, se posicionou a respeito do andamento da obra de urbanização do açude. O gestor explicou que a obra é fruto de um convênio com o Governo Federal via Codevasf e ainda é de 2008. “Ao chegar à prefeitura em 2013 averiguei a respeito dos recursos e descobri que foram gastos R$ 120 mil em 2012 sem terem iniciado efetivamente a obra”, afirmou. Acrescentou ainda que em 2014 foi até a Codevasf e determinou que a empresa executasse a parte relativa aos recursos liberados. “A deputada federal Iracema Portela destinou uma emenda parlamentar de R$ 200 mil e foi dada continuidade ao projeto”, complementou.

Com relação ao projeto que está sendo executado, o gestor o classificou como de “mau gosto” e “porcaria” (sic) e enfatizou que é o original de 2008 e que não poderia ser alterado por ele.

Sobre a demora na conclusão da obra, o prefeito explicou que se deve à burocracia da Codevasf e do Governo Federal, que não liberam o restante dos recursos. “Os quiosques de artesanato estão prontos, os bares estão em fase final, faltando apenas as fossas, que não constavam do projeto original”, concluiu.

Fonte: Direto da Redação

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium