Quarta, 22 de maio de 2019
(86) 99915-1055
redacao@portalr10.com
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Geral - Mundo

Postada em 07/12/2017 ás 13h22 - atualizada em 07/12/2017 ás 13h27

Publicada por: Rafael Menezes

Hamas convoca intifada após anúncio de Trump sobre Jerusalém
O chefe do governo do movimento islamita Hamas em Gaza pediu para que se amplie a onda de ataques e assim criar uma Intifada (revolta) a fim de “libertar Jerusalém”, afirmou a ‘EFE’
Hamas convoca intifada após anúncio de Trump sobre Jerusalém

O grupo islâmico Hamas convocou nesta quinta-feira (7) uma nova intifada um dia depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhecer Jerusalém como capital de Israel. A intifada é o termo utilizado para fazer referência à revolta palestina contra a política de expansão do governo de Israel. A informação foi publicada pelo ‘G1′.

“Devemos convocar e devemos trabalhar no lançamento de uma intifada diante do inimigo sionista”, disse o líder do Hamas, Ismail Haniyeh, em um discurso em Gaza, de acordo com a Reuters.

A decisão de Trump é polêmica uma vez que os palestinos reivindicam Jerusalém Oriental como capital de seu futuro Estado e a comunidade internacional não reconhece a reivindicação israelense sobre a cidade como um todo.

Apesar dos diversos apelos da comunidade internacional para que Trump não tomasse essa decisão de reconhecer Jerusalém como capital israelense, Trump anunciou na quarta-feira (6) que pediu ao Departamento de Estado que inicie o processo de transferir para lá a embaixada americana atualmente instalada em Tel Aviv.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse na quarta-feira que o reconhecimento marca “um dia histórico” e “um importante passo para a paz”, segundo a ‘Associated Press’. Foi uma das poucas autoridades políticas a saudar a decisão de Trump.

Temendo revoltas, porém, o governo de Israel já implementou reforços militares na Cisjordânia após o anúncio de Trump.

Em seu discurso, feito na Casa Branca, Trump afirmou que o anúncio marca “o começo de uma nova abordagem no conflito entre Israel e palestinos”.

História do Hamas

O Hamas é a sigla em árabe para Movimento de Resistência Islâmica. O grupo, que é o maior entre os islâmicos militantes palestinos, defende a criação de um único Estado palestino que ocuparia a área onde atualmente estão Israel, a Faixa de Gaza e a Cisjordânia.

A agremiação surgiu após o início da primeira Intifada contra a ocupação israelense da Cisjordânia e da Faixa de Gaza, em 1987. Nesta ocasião, crianças que jogavam pedras nos tanques foram mortas por Israel, provocando a indignação da comunidade internacional.

A segunda Intifada começou em 29 de setembro de 2000 e durou quatro anos. Os conflitos deixaram milhares de mortos dos dois lados do lado palestino e israelense.

Repercussão

O presidente dos EUA recebeu ampla condenação de líderes políticos muçulmanos. Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, que governa a Cisjordânia, afirmou que Trump viola “todas as resoluções e acordos internacionais” com a decisão.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, considerou que reconhecer Jerusalém como capital de Israel coloca o Oriente Médio em um “círculo de fogo”. “Tomar tal decisão coloca o mundo, e especialmente a região, em um círculo de fogo”, declarou, segundo a ‘France Presse’ – a Turquia é um importante aliado militar dos americanos na região.

Um comunicado do Palácio Real da Arábia Saudita, outro aliado dos EUA, chamou a decisão de “irresponsável”.

Na Europa, os líderes da França, Reino Unido e Alemanha, entre outros, condenaram a mudança da embaixada. Emmanuel Macron chamou o anúncio de “lamentável”, enquanto Theresa May disse que o episódio é “pouco útil” para uma solução pacífica. Angela Merkel sublinhou que Berlim “não apoia essa atitude”.

António Guterres, secretário geral da ONU, afirmou que não há “não há alternativa à solução com dois Estados, não há plano B”, pela qual o órgão irá continuar trabalhando, segundo a ‘Reuters’.

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Buriti dos Lopes Por Rurik Araújo

Finalmente foi inaugurado a primeira ETA no município de Buriti dos Lopes

Simplício Mendes Por Renato Pereira da Silva

Faleceu hoje às 19hs, em Teresina, Dona Hilda. Mãe do prefeito Dr HelI

São Pedro do Piauí Por Jamyla Xavier

Copão Rural | Tabajara vence Náutico por 4 x 0 na Arena Cocal

Cajueiro da Praia Por Gilmar Araujo

Terminal Rodoviário de Barra Grande será gerenciado através de PPP

Barra D'alcântara Por Cleiton Brito

Secretaria de Saúde realiza adesão ao programa Crescer Saudável

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium