Sábado, 27 de Novembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

24° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Policial
24/05/2019 06h38 Atualizada há 3 anos
Por: Blog do Lucão

DHPP/Timon desvenda o crime do 'Palestina' e aponta os autores

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia de Homicídios de Timon divulgou o resultado do trabalho de investigação da morte da jovem Glauciane da Silva Nascimento, 16 anos de idade, encontrada amarrada, amordaçada e morta com uma facada no peito, no dia 24/5/2018, em Timon. Há um ano do bárbaro crime.

 
 
 
 

Entenda o Caso.

DHPP/Timon desvenda o crime do 'Palestina' e aponta os autores

Os nomes dos sobreviventes são mantidos em sigilo e identificados apenas por Martins e Oliveira

No dia 24/05/2018, por volta das 12hs, quatro criminosos entraram na residência do casal Glauciane e Martins, no bairro Palestina, em Timon, onde também se encontrava o genro de Martins, conhecido por Oliveira. Os criminosos amarraram e amordaçaram Glauciane e Oliveira num dos quartos e Martins, que é paraplégico, foi amordaçado, torturado e teve o pescoço cortado na garagem da casa. Após torturar Martins, e para não deixar testemunhas, os criminosos receberam ordens de executar Glauciane e Oliveira. A primeira a ser morta foi a jovem Glauciane, que teve uma faca cravada no peito. Nesse momento e sabendo que seria o próximo, Oliveira, lutador faixa preta de taekwondo e boxeador, arrebentou as amarras e lutou contra os criminosos que tentaram esfaquea-lo e efetuaram ao menos três disparos de armas de fogo, sendo ferido com um tiro nas costas. Os 4 criminosos fugiram da casa mediante reação dos golpes do lutador. Mesmo ferido, Oliveira ao ver seu sogro com a garganta cortada, conseguiu pedir ajuda de vizinhos que chamaram o SAMU e a polícia.

Martins e Oliveira foram socorridos e sobreviveram.

 

A Delegacia de Homicídios compareceu ao local da morte e os portais noticiaram o crime que chocou a população com a morte covarde da adolescente que foi executada sem chances de se defender.

 

Durante as investigação foram identificados os 4 criminosos que entraram na residência, sendo presos pela delegacia de Homicídios, GUTEMBERG REINALDO DOS SANTOS SOUZA, vulgo JABOTI, preso no dia 11/09/2018, ROBERTO SILVA SANTOS, preso no dia 01/03/2019, JOÃO VICTOR CONCEIÇÃO PEREIRA, vulgo NEGO VITOR, preso no dia 04/05/2019. Um dos executores, já identificado, continua foragido.

 

Outro preso na ação foi LEONARDO OLIVEIRA DA COSTA, vulgo LÉO GORDINHO, preso no dia 26/04/2019, por policiais civis da Delegacia de Homicídios de Timon e Denarc, em cumprimento a mandado de prisão do Piauí e posteriormente os mesmos policiais da Delegacia de Homicídios deram cumprimento ao mandado do Maranhão, expedido pela Vara de Execução Penal de Timon, tendo sido todos denunciados pelo Ministério Público do Maranhão.

LÉO GORDINHO, conforme interrogatórios e depoimentos no Inquérito Policial, é apontado como mandante dos crimes e a motivação foi acerto de contas entre LEO GORDINHO e JABOTI contra Martins.

 

Os criminosos gravaram um vídeo da ação no interior da residência no momento da tortura da vítima Martins e que já está a disposição da justiça.

Todos os presos já respondem a processos criminais, dentre eles, homicídios, roubos, tráfico de drogas, porte de armas, associação criminosa, formação de quadrilha e receptação.

PUBLICIDADE:

 
 
 
 
 
 
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp