Terça, 18 de junho de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Teresina - Reunião

Postada em 07/06/2019 ás 14h35 - atualizada em 07/06/2019 ás 14h36

Publicada por: Bruna Dias

Zé Santana trata da situação de venezuelanos em Teresina
Atualmente a capital abriga aproximadamente 150 estrangeiros.
Zé Santana trata da situação de venezuelanos em Teresina

Foto: Divulgação

Com o objetivo de montar novas estratégias e planos de ações para melhorar o atendimento dos venezuelanos que vieram para Teresina, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Direitos Humanos e Trabalho (Sasc), esteve reunido, nessa quinta-feira (06), na capital piauiense, com representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), do Ministério da Cidadania, Ministério Público, Judiciário, Defensoria Pública e da sociedade civil organizada.

Os indígenas migrantes vêm sendo acompanhados pela Sasc, desde a chegada do primeiro grupo, no dia 13 de maio. Atualmente a capital abriga aproximadamente 150 estrangeiros, divididos em três grupos, entre os quais 80 são crianças e adolescentes. Os venezuelanos chegaram em Teresina de forma desorganizada e inesperada, por isso houve uma grande surpresa e apreensão dos governos estadual e municipal, que acionaram a ONU para ajudá-los a conduzir a situação.

O Ministério da Cidadania quer que o Piauí passe a integrar os estados que recebem migrantes em um processo de interiorização dos venezuelanos. Essa ação já federalizou cerca de sete mil refugiados. A entrada dos venezuelanos no Brasil está acontecendo principalmente através do estado de Roraima que conta hoje com 13 abrigos e acolhe mais de seis mil venezuelanos.

Em caso de pessoas, brasileiras ou não-brasileiras, em situação de vulnerabilidade social ou violação de direitos em Teresina, a população pode entrar em contato com o município pelo número 153. Quem desejar fazer doações de alimentos específicos para o grupo de venezuelanos, deve fazer a entrega dos donativos na sede do MP3, que fica localizado na Avenida Professor Valter Alencar, 762, no bairro São Pedro ou entrar em contato pelo telefone: 3227-5553.

“Foi extremamente esclarecedora e positiva a reunião que tivemos com a presença de representantes da sociedade civil organizada, dos governos do Estado, municipal e federal, e representantes do Ministério da Cidadania, do Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, e da Organização Internacional para Migrações (OIM). Lá recebemos uma verdadeira aula de como preceder no auxílio humanitário aos venezuelanos que já chegaram a Teresina, bem como um resumo de experiências vivenciadas na condução do movimento migratório resultado da situação econômica na Venezuela”, agradeceu o secretário da Sasc, Zé Santana.

Fonte: Ccom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Antônio Almeida Por Leonardo Soares

Lúcia Eventos anuncia "Walkiria Estarley" no festejo de N. Sr.ª Sant'Ana

Campo Maior Por Wellington Siqueira

Campo Maior avança nos indicadores sociais do município

São João da Serra Por Cosme Jales

Centro de diagnóstico móvel já em São João da Serra

Oeiras Por Thainah Cortez

Oeiras conquista Selo Ambiental na categoria A do ICMS Ecológico

Simplício Mendes Por Renato Pereira da Silva

Lista de candidatos para o Conselho Tutelar de Simplício Mendes

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium