Quarta, 08 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Teresina - Teresina

Postada em 10/06/2019 ás 14h45 - atualizada em 10/06/2019 ás 16h07

Publicada por: Bruna Sampaio

Prefeitura diz que tem orientado venezuelanos a não pedirem esmola
Teresina tem hoje cerca de 150 imigrantes distribuídos em três abrigos.
Prefeitura diz que tem orientado venezuelanos a não pedirem esmola

Foto: Portal O Dia

Teresina abriga hoje, cerca de 150 imigrantes da Venezuela. Eles se organizam em grupos pequenos para pedir esmola na cidade. 

Em nota a prefeitura da capital esclareceu os venezuelanos estão distribuídos em três abrigos, localizados nos bairros Poti Velho, Mocambinho e Km 07. Disse ainda que tem orientado os imigrantes a não praticar  a mendicância, sobretudo com exposição de crianças. 

Veja a nota na íntegra:

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e Fundação Municipal de Saúde (FMS), informa que tem prestado toda assistência aos migrantes venezuelanos desde sua chegada, no dia 13 de maio.

Atualmente, o grupo formado por  cerca de 150 venezuelanos indígenas da etnia Wurau está distribuído em 03 abrigos, localizados nos bairros Poti Velho, Mocambinho e Km 07. Eles recebem kits de higiene pessoal, alimentação, limpeza e estão sendo atendidos pelas equipes do Programa Saúde da Família, das Unidades Básicas de Saúde dessas áreas.

Além disso, os migrantes recebem atendimento psicossocial pelas equipes dos Centros de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS), atendimento recreativo com as crianças pelas equipes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e segurança com monitoramento da Guarda Civil Municipal de Teresina.

Um comitê de acolhimento foi formado com a participação de órgãos do poder público municipal, estadual, organizações não governamentais com a finalidade de planejar e executar ações de atendimento aos venezuelanos.

A Prefeitura de Teresina esclarece que tem orientado o povo venezuelano, através dos Agentes de Proteção Social (APS), a não praticar  a mendicância, sobretudo com exposição de crianças, prática condenada pelo Estatuto da Criança e Adolescente.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Nelson Chaves se despede da CEASA/Timon para disputar uma vaga na Câmara

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

Corpo do jovem que desapareceu no pequi é encontrado no Rio Parnaíba

Redenção do Gurgueia Por Vania Pereira de Sousa

Filho de vereador armado com rifle em punho ameaça lavrador

Picos Por Jucelma Sales

Corpo de Bombeiros atende duas ocorrências de incêndios florestais em Picos

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

São João do Arraial registra mais 10 casos confirmados de coronavírus

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium