Quinta, 29 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

34°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Transferência
18/06/2019 09h21 Atualizada há 2 anos
Por: Blog do Lucão

Vídeo: Mentor de chacina contra ciganos é transferido para São Luís

Antônio Carlos Sobral da Rocha, o Didoca ou Cigano, acusado de ser o mandante da chacina ocorrida no dia 9 deste mês em Coelho Neto, que resultou na morte de quatro ciganos e deixou cinco pessoas feridas, foi apresentado ontem na sede da SSP. Para a polícia, além desse crime, o criminoso é suspeito de envolvimento a vários homicídios no estado e de ter ameaçado de morte, pelo menos três delegados, lotados no interior do estado, nos últimos dois anos.

 
 
 
Antônio Carlos Sobral da Rocha, o ‘Didoca’, foi preso enquanto tentava fugir para Imperatriz (MA). — Foto: Reprodução/TV Mirante
 

Didoca foi preso em cumprimento de uma ordem judicial na sexta-feira, 14, em Vitória do Mearim, quando se preparava para fugir para Imperatriz. “Didoca responde a pelo menos sete homicídios, que ocorreram no interior, e ainda é suspeito de assalto a bancos, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de droga e líder de diversas investidas contra grupos ciganos rivais”, disse o delegado Armando Pacheco, superintendente da Polícia Civil do Interior.

Vídeo: Mentor de chacina contra ciganos é transferido para São Luís

Segundo o delegado, além desses crimes, existe a possibilidade desse criminoso ter ordenando vários assassinatos no interior do estado, entre eles de colombianos acusados de agiotagem, na cidade de Buriticupu.

VEJA O VÍDEO DA MATÉRIA => https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2019/06/17/suspeito-de-ser-mandante-de-chacina-em-coelho-neto-e-transferido-para-sao-luis.ghtml

 

Ações criminosas

 

Segundo o delegado Armando Pacheco, superintendente da Polícia Civil do Interior, o crime foi cometido por vingança e estaria sendo planejada há anos. As investigações apontam que membros da família rival e que foi vítima da chacina, teriam assassinado um membro da família de Antônio Carlos Sobral.

“Teria sido um suposto homicídio que a família rival, que foram as vítimas de Coelho Neto, teriam praticado contra a família dele. Por conta disso, ele vinha planejando há anos essa vingança, já tentou por duas vezes contra a vida desses familiares, até conseguir assassinar eles na cidade de Coelho Neto”, explicou.

 

Carro onde estavam as vítimas em Coelho Neto (MA) foi atingido por vários disparos — Foto: Reprodução/TV Mirante

Ainda segundo Armando Pacheco, o suspeito responde a outros sete homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A suspeita é de que a ficha criminal de Antônio Carlos seja mais extensa e que ele esteja envolvido em crimes que ainda não foram solucionados pela polícia.

“Ele é muito perigoso, responde a sete homicídios, tráfico de drogas, a porte ilegal de arma de uso restrito, era o líder da organização criminosa de ciganos que ele comanda e que vinha perpetuando diversos crimes no interior do estado (…) existem outros crimes nas regionais de Caxias, Itapecuru, Viana que ainda não foram solucionados e que talvez haja envolvimento dele”, disse.

Após ter sido apresentado a sede da Polícia Civil em São Luís, o suspeito foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanece à disposição da Justiça. As investigações sobre o crime ainda estão em andamento, já que os suspeitos de terem disparado contra as vítimas ainda não foram presos.

 

Mortes em Coelho Neto (MA) são investigadas pela polícia — Foto: Reprodução/ TV Mirante

 

Já trocou tiros com a Polícia Civil de Timon.
VEJA O HISTÓRICO DO CIGANO DIDOCA

A POLÍCIA CIVIL de Timon prendeu na manhã de uma quarta-feira (16/04/2014) o assaltante ANTONIO CARLOS SOBRAL ROCHA, conhecido por CIGANO ou DIDOCA, que estava residindo no Bairro Vila do BEC em Timon-MA.

Cigano trocou tiros com a polícia e levou a pior, foi baleado e preso

CIGANO era acusado de vários assaltos a agências bancárias no Maranhão, além de homicídios e tráfico de drogas. Em abril/2012 CIGANO após ser atingido com Seis tiros por integrantes de uma quadrilha rival, CIGANO foi internado no Hospital Socorrão II em São Luís e custodiado por apenas um segurança. Três integrantes da quadrilha de CIGANO fizeram o resgate dentro do hospital.

CIGANO é considerado um dos bandidos mais perigosos da Região dos Cocais, possui diversos mandados de prisões por homicídios e tráfico, além de ameaça a um Delegado de Polícia de São Mateus-MA.

PUBLICIDADE:

          

Fonte: G1 - MA
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp