Sábado, 08 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

33°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Policial
27/06/2019 11h07 Atualizada há 2 anos
Por: Blog do Lucão

Timonenses estão sendo usados como mulas no tráfico internacional de drogas

Timonenses estão sendo usados como mulas no tráfico internacional de drogas

O caso de uma garota de Fortaleza que estava desaparecida desde a semana passada e foi encontrada nesta semana presa em Portugal acusada de tráfico internacional de drogas, não é novidade para a Delegacia de Combate ao Narcotráfico em Timon (DENARC). Para o delegado Ricardo Freire, vários timonenses também tem sido usados como ‘mula’ para o tráfico internacional de drogas.

 
 
 
No ínício de junho/2019, o piauiense Fernando Paulino foi preso com 1kg de cocaína no estômago no momento em que ia embarcar para Índia.(Foto: Fala Piauí)
 
 

Mesmo sendo de competência da polícia federal instituição que investiga os casos, Ricardo Herlon tem conseguido obter informações de que vários timonenses já foram presos em outros países. No ano passado uma timonense também esteve desaparecida por dias e quando a família soube, ela tinha sido presa no aeroporto de Lisboa com muita cocaína no estômago.

 

No segundo semestre de 2018 duas jovens timonenses também foram presas em Portugal após serem flagradas com várias cápsulas de cocaína ingeridas aqui no Brasil, concorrendo assim para associação ao tráfico internacional de drogas.

Continua depois da publicidade
 

Segundo o delegado, um dos casos mais recentes foi um timonense preso no Marrocos. “O tráfico de drogas às vezes muda a rota para tentar confundir a polícia. Normalmente é isso que aconteceu quando são presos na África”, afirmou Ricardo à reportagem.

 

Ricardo Herlon, delegado titular do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (DENARC/Timon) alerta para as famílias ficarem atentas as companhias dos filhos, pois o tráfico convence muitos jovens para fazer o trabalho de ‘mula’, uma ação criminosa que tem crescido em todo o Brasil. “Normalmente a pessoa cooptada para fazer esse tipo de trabalho leva a droga (cocaína) no estômago com a promessa de receber 25 mil reais ou mais pelo serviço. Além de ser uma atividade que pode resultar na morte da pessoa por resultados da agressão a saúde, como a fiscalização nos aeroportos de todo o mundo é cada vez maior, a prisão de uma pessoa dessa e sua condenação é quase certa”, alerta o delegado.

 

Em julho do ano passado uma jovem do Espírito Santo comoveu o Brasil inteiro ao morrer no aeroporto de Portugal após cápsulas que levava ao corpo ter estourado. Antes da morte ela gravou um vídeo de despedida da família.

VEJA O VÍDEO:

 

PUBLICIDADE:

          

 
Fonte: Blog de Elias Lacerda, DENARC e Band News
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp