Domingo, 05 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
Curiosidades

Curiosidades

Curiosidades Coluna de notícias curiosas.

[email protected]

86 9 9834-2372

- Curiosidades

Postada em 04/07/2019 ás 08h18 - atualizada em 04/07/2019 ás 08h23

Publicada por: Curiosidades

Como a nostalgia mexe com as nossas emoções?
É necessário entender como ela mexe com os nossos sentimentos.
Como a nostalgia mexe com as nossas emoções?

Foto: Divulgação/ViewImage

Filmes como Toy Story, O Rei Leão e Alladin estão entre os clássicos que marcaram a infância de muitas crianças e adolescentes na década de 1990. Quase 30 anos depois, esses filmes estão novamente nos cinemas em novas versões, trazendo à tona emoções despertadas pela nostalgia.

Segundo o fundador do Programa Semente, Celso Lopes de Souza, é necessário entender o que é a nostalgia para analisar como ela mexe com os nossos sentimentos. “Nostalgia é o movimento para recuperar alguma memória que traz forte carga emocional, que pode ser positiva ou negativa”, afirma.

O especialista explica que o cérebro armazena as memórias de uma emoção por meio de histórias vividas, que estruturaram as emoções. “A recordação de um momento difícil, eventualmente até de um trauma, desperta emoções parecidas com as que foram sentidas anteriormente”, diz Lopes de Souza. “O mesmo vale para emoções positivas, com momentos de grande felicidade”, ressalta.

Histórias como as dos filmes citados, por exemplo, podem despertar satisfação, tristeza, tensão, euforia. E assistir novamente a essas cenas pode originar sensações parecidas com aquelas sentidas na primeira vez em que o filme foi visto, o que caracteriza a nostalgia.

Mas vale o alerta de que se prender ao passado pode ser algo negativo. “É importante saber que a nostalgia não é um problema, mas sim a intensidade em que ela é vivida”, explica o fundador do Programa Semente. Celso esclarece que pessoas que se prendem a essas emoções acabam por não enxergar a possibilidade de algo novo. “Toda e qualquer memória que nos paralise e nos impeça de caminhar passa a ser negativa”.

Quanto aos filmes, o especialista afirma ser algo legítimo e que pode ser positivo se visto com outra perspectiva. “É saudável viver lembranças e nostalgias, mas com o entendimento de que se está em outro momento”, conclui.

 

Fonte: Ascom/Programa Semente

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium