Terça, 23 de outubro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
89 994399702
Floriano

Floriano

Ilizianny de Carvalho Correspondente do município.

[email protected]

89 994399702

Cidades - Floriano

Postada em 15/12/2017 ás 17h58

Publicada por: Ilizianny de Carvalho

Prefeitura de Floriano se reúne com Associação dos Vigias para ouvir reivindicações da classe
A Associação apresentou algumas solicitações que foram discutidas uma a uma na forma de diálogo entre a gestão municipal e os membros presentes dessa entidade.
Prefeitura de Floriano se reúne com Associação dos Vigias para ouvir reivindicações da classe

Na manhã dessa sexta-feira (15), na sede da prefeitura de Floriano, o prefeito Joel Rodrigues recebeu membros da Associação de Vigias Municipais para uma reunião na qual foram expostas reivindicações da classe. Estiveram presentes o procurador do Município Marlon Brito, os secretários de Educação Joab Curvina; de Finanças Josélia Rodrigues; de Administração Júlio César, a presidente do SINTE Léa Almeida, o advogado desse sindicato Leonardo Cabêdo, além dos representantes da Associação dos Vigias, Francinaldo Santos e Francisco de Assis Soares.

A Associação apresentou algumas solicitações que foram discutidas uma a uma na forma de diálogo entre a gestão municipal e os membros presentes dessa entidade. A primeira delas foi o abono de férias 2015/2016, que assim como as férias desse período, de acordo com a secretária de Finanças Josélia Rodrigues, estão em atraso devido irregularidades na prestação de dados da gestão anterior, para que essa situação seja regularizada é necessário que os nomes dos servidores que não foram contemplados sejam repassados ao setor de Finanças do município para que cada situação seja analisada isoladamente e, a partir disso, solucionada. “Esse transtorno está ocorrendo porque o balanço geral dos últimos quatro anos, que era para ser repassado até março de 2017, só foi entregue em novembro, o que compromete o nosso serviço de regularizar todos os casos, inclusive os que não são do nosso conhecimento”, explicou a secretária.

Quanto as férias e abono de 2016-2017, o servidor que não recebeu precisa recorrer antes do final do ano desse ano, para garantir que até março de 2018 receba as férias e o abono. Além disso foi destacada a correção das horas extra, que por não ser uma verba fixa, acabou por ocorrer algumas falhas no cálculo desse pagamento. Ficou acertado durante a reunião que, se detectado esse erro de cálculo, a correção será feita e o valor descontado será repassado ao servidor no pagamento do mês de janeiro, que está na conta bancária até o quinto dia útil de fevereiro/2018.

Para as demais questões relacionadas ao fardamento, periculosidade no ambiente de trabalho e correção das horas extras, foi agendada uma reunião para o dia 15 de janeiro na qual será avaliada cada uma das reivindicações apresentadas. A categoria também solicitou o aumento salarial, para o qual será analisado o impacto financeiro do primeiro bimestre de 2018 e informado à classe durante reunião marcada para março/2018.

O prefeito Joel Rodrigues pontuou a importância de ouvir e discutir as reivindicações apresentadas pelos profissionais do município, destacando que, dentro dos limites da gestão, existe o compromisso de não faltar com a palavra e manter em dia a responsabilidade de valorizar o servidor municipal. “Precisamos ouvir o que a classe tem para falar para, diante disso, vemos como a gestão municipal pode suprir essas necessidades, não podemos prometer nada sem a mínima certeza de que dará certo”, finalizou Joel Rodrigues.

 

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium