Quinta, 22 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Liberação do FGTS

Postada em 19/07/2019 ás 11h38

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Liberação do FGTS vazou antes de estudos serem concluídos, diz Onyx
Onyx Lorenzoni afirmou que falta ajustar detalhes técnicos para detalhar como funcionará a liberação
Liberação do FGTS vazou antes de estudos serem concluídos, diz Onyx

Onyx Lorenzoni afirmou que falta ajustar detalhes técnicos para detalhar como funcionará a liberação dos saques de contas ativas. Anúncio deve ser feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ministro da Casa Civil afirmou que medida provisória liberando os saques será assinada na quarta-feira (24).

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta sexta-feira (19) que a informação de liberação de saques do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) vazou antes de o governo ter concluído os estudos sobre o tema. Onyx garantiu, no entanto, que a medida provisória liberando os saques será assinada na próxima quarta-feira (24).

“A situação é a seguinte. Nós tínhamos uma série de detalhes técnicos. O problema é que a informação vazou, esse é o fato concreto. Na medida em que a informação vazou, nós não tínhamos concluídos ainda todo os estudos acerca dessa liberação de acesso ao FGTS”, afirmou Onyx em um café da manhã do presidente Jair Bolsonaro com jornalistas estrangeiros no Palácio do Planalto.

A notícia de que o governo liberará saques do FGTS surgiu nesta semana. Bolsonaro chegou a afirmar na quinta-feira (18) que o anúncio oficial seria feito naquele dia. Depois, Onyx disse que ficaria para semana que vem. No café, o ministro reforçou a informação.

“A equipe técnica conclui todo os estudos e todo o trabalho até a tarde de segunda-feira, durante o dia de terça será apresentado ao presidente, e às 16h de quarta-feira vai ser assinada a medida provisória pelo presidente Bolsonaro”, afirmou Onyx.

O ministro também afirmou que o governo garantiu que recursos para financiamento da casa própria e para o programa Minha Casa Minha Vida, que usam verba do FGTS, serão mantidos.

 

 

 

   

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium