Quarta, 21 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - No Senado

Postada em 22/07/2019 ás 12h16

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Presidente de comissão no Senado diz que governo não pode 'brincar'...
A possível indicação é tema de falas do presidente Jair Bolsonaro desde o início deste mês
Presidente de comissão no Senado diz que governo não pode 'brincar'...

O senador Nelson Trad (PSD-MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores, durante entrevista no Senado na semana passada — Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Presidente de comissão no Senado diz que governo não pode 'brincar' se quiser aprovar Eduardo

O presidente da comissão de Relações Exteriores do Senado, Nelson Trad (PSD-MS), disse ao  Blog do G1, nesta segunda-feira (22) que o governo "não pode brincar" se quiser que a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para assumir embaixada nos Estados Unidos siga em frente.

A possível indicação é tema de falas do presidente Jair Bolsonaro desde o início deste mês. Até o momento, ele não formalizou a indicação, que precisa ser chancelada pelo Senado.

"Se o governo quer que a indicação vá para frente, não pode brincar. Precisa enviar a indicação o quanto antes. Até porque esta matéria passará à frente da Previdência no Senado. A Previdência ainda vai demorar um tempo na Câmara", afirmou o senador.

Trad defende que o governo federal envie o quanto antes a mensagem presidencial sobre a indicação, de preferência, segundo ele, ainda no recesso parlamentar. Motivo: senadores voltam às suas bases eleitorais nas férias e, a depender da pressão do eleitorado, podem voltar aos trabalhos decididos a não apoiar o desgaste da indicação de Eduardo.

Trad disse que esteve com o presidente Jair Bolsonaro três vezes após vir à tona que a indicação poderia ocorrer, mas que o presidente não lhe pediu nada.

Senadores da base e da oposição disputam a relatoria da possível indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada dos EUA. Nelson Trad disse ao blog que foi procurado por dois senadores de oposição e dois da situação, mas que não se sentia à vontade em revelar quem são pois "três vão rodar".

Segundo ele, a comissão seguirá o cronograma de outras relatorias. "Porque, caso contrário, vão dizer que estamos privilegiando ou prejudicando o filho do presidente. Vou fazer como sempre: mapa de matérias de quem relatou o que, quem fez o que, para equilibrar".

Ele relata que foi procurado pelo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), e pelo senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Perguntado sobre o que falou com Flávio, Trad disse ao blog: "É irmão, né? Quis saber o clima. Uma coisa é a indicação. Outra, o trâmite".

 

Fonte: G1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium