Segunda, 09 de dezembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Min.Paulo Guedes

Postada em 23/07/2019 ás 12h57 - atualizada em 23/07/2019 ás 13h03

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Ministério da Economia pedirá que PF investigue suposta invasão de celular
Nesta segunda-feira, assessoria de imprensa informou que celular do ministro havia sido hackeado
Ministério da Economia pedirá que PF investigue suposta invasão de celular

O ministro da Economia, Paulo Guedes, ao participar de uma audiência no Congresso — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Ministério da Economia pedirá que PF investigue suposta invasão de celular de Paulo Guedes

Nesta segunda-feira, assessoria de imprensa informou que celular do ministro havia sido hackeado. Ministro da Justiça, Sérgio Moro, também diz ter sido alvo de invasão de hackers.

O Ministério da Economia informou nesta terça-feira (23), por meio de nota, que está sendo apurada a possível invasão do telefone do titular da pasta, Paulo Guedes. A assessoria do ministério informou ainda que solicitará ao ministro da Justiça Sérgio Moro, que a Polícia Federal investigue o caso.

Nesta segunda-feira, pela noite, o ministério havia informado que o celular de Paulo Guedes foi hackeado e que pretendia tomar medidas cabíveis.

"O Ministério da Economia informa que está sendo apurada a possível invasão do telefone do ministro Paulo Guedes. Um ofício será enviado ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para que acione a Polícia Federal", diz a assessoria na nota.

A assessoria de Guedes informou nesta segunda que o ministro teve o celular clonado depois das 22h30, quando o telefone dele entrou para o aplicativo de mensagens Telegram.

A assessoria da pasta lembra que, nesta segunda, vários jornalistas receberam mensagens e ligações em nome do ministro por meio do aplicativo."O Ministério da Economia ressalta que o ministro nunca teve conta nesse serviço e pede para que desconsiderem qualquer mensagem recebida do número antigo do ministro, que já será desativado", acrescentou.

É o segundo caso em dois dias envolvendo aparelhos de pessoas ligadas ao governo. No domingo (21), a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), também disse que o celular dela havia sido hackeado.

Hasselmann divulgou um vídeo em uma rede social no qual diz que teve o celular invadido e clonado. Segundo a deputada, a polícia já foi acionada para apurar o caso.

Em junho o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro, sofreu uma tentativa de invasão. Na ocasião, Moro atendeu a uma ligação feita pelo próprio número dele.

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium