Quinta, 17 de outubro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Made Propagnda
Brasil - Falta de verba

Postada em 25/07/2019 ás 08h32

Publicada por: Gustavo Miranda

Edital para novas bolsas de doutorado é suspenso
O orçamento aprovado para 2019 não é suficiente nem ao menos para garantir as bolsas.
Edital para novas bolsas de doutorado é suspenso

Foto: Ilustrativa/USP Imagens/Marcos Santos

Por falta de recursos, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciou a suspensão da concessão de novas bolsas de pesquisa até 30 de setembro.

Apesar de ter colocado uma perspectiva de reavaliação ainda para este ano, o órgão diz que o orçamento previsto para 2019 é insuficiente até mesmo para pagar as bolsas que já estão em vigência.

O edital interrompido foi lançado em junho do ano passado e previa duas chamadas de selecionadas, uma no início e outra no meio deste ano. No total, estava prevista a liberação de R$ 60 milhões para alunos de pós-graduação atuarem em pesquisas no Brasil e em outros países. A maioria das bolsas é destinada para a modalidade de doutorado-sanduíche, em que o pesquisador faz seu curso em mais de uma instituição.

O primeiro chamamento de selecionados, feito no início do ano, representou um total de R$ 51 milhões em bolsas aprovadas para 781 projetos - cada um tem um valor de bolsa diferente. Para o segundo semestre, então, estaria previsto a liberação de R$ 9 milhões em novas bolsas - apesar de o conselho historicamente conseguir complementação de recursos em relação ao orçamento original. Para este ano, no entanto, afirma que "é preciso aguardar a situação orçamentária".

A suspensão até o fim de setembro tem como expectativa a liberação de um crédito suplementar para o órgão. Diferentemente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que cortou bolsas em função do contingenciamento de recursos, o CNPq já tinha para este ano um orçamento inicial considerado deficitário. O orçamento aprovado para 2019 não é suficiente nem ao menos para garantir as bolsas que já estão em andamento depois de setembro.

O CNPq vem sofrendo sucessivos cortes desde 2016, quando o orçamento que era de R$ 1,15 bilhão passou para R$ 784 milhões neste ano. Desde agosto do ano passado, quando foi definido o orçamento para 2019, os dirigentes do conselho já alertavam que a quantidade de recursos iria praticamente zerar seus investimentos em pesquisa.

Em abril, o presidente do conselho, João Luiz Filgueiras de Azevedo, afirmou que o orçamento só dava para pagar bolsas até setembro. Por causa disso, suspendeu o edital para não aumentar a folha de pagamento que já não estará coberta por recursos atualmente previstos.

A solução para o CNPq reabrir esse edital e conseguir pagar todas as bolsas é, segundo a assessoria do conselho, a abertura de um crédito suplementar.

Para isso, o governo federal deveria aprovar um projeto de lei na Câmara Federal para poder destinar mais recursos do que a Lei de Orçamento Anual (LOA) prevê.

Fonte: Estadão Conteúdo

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Sondado por tráfico é preso pela Denarc/Timon com dinheiro falso e munição

Brasileira Por Giva Ferreira

Veja a entrevista da Vice-Prefeita de Brasileira Patrícia Pimentel

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

Grave acidente deixa vítima fatal na BR-135

Demerval Lobão - PI Por Katia Cruz

Município de Demerval Lobão recebeu 'Prêmio Gestor Educador' da Undime

Sebastião Leal Por Kelcidione Alves

Prefeito de Sebastião Leal recebe 'Prêmio Gestor Educador' da Undime

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium