Quinta, 22 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
[email protected]
(86) 99915-1055
Curiosidades

Curiosidades

Curiosidades Coluna de notícias curiosas.

[email protected]

(86) 99915-1055

Geral - Curioso

Postada em 02/08/2019 ás 10h12

Publicada por: Curiosidades

Orgasmo cerebral: Saiba o que é e como ter?
O nome complicado se refere a uma sensação curiosa e formigante
Orgasmo cerebral: Saiba o que é e como ter?

Foto: Divulgação

Você está sentado em sua cama com seus pés dobrados embaixo do corpo em um anoitecer de outono, enquanto uma chuva pesada cai do lado de fora. Em um fone cancelador de ruídos, você escuta o som de uma mulher gentilmente assoprando dentro de seus ouvidos. Ela sussurra, intimamente exalando sua respiração enquanto alterna entre um lado e o outro, causando um arrepio que corre do topo da sua cabeça até as dobras da sua coluna.

Se a descrição acima causou uma sensação de familiaridade a você, então meus parabéns, você é um dos felizardos portadores da Resposta Sensória Meridiana Autônoma (ASMR, na sigla em inglês). O nome complicado se refere a uma sensação curiosa e formigante, conhecida em alguns cantos da internet como um orgasmo cerebral.

Da cabeça aos pés

Pessoas afetadas pelo ASMR costumam ter sensações distintas, o que torna sua descrição algo complicado. Em alguns casos, estímulos diversos podem causar reações de prazer físico intenso, enquanto para outros a resposta de seu organismo se resume a um quase hipnótico estado de relaxamento e felicidade – e há também quem simplesmente não sinta nada.

Ainda assim, uma das reações mais comuns parece envolver uma sensação de formigamento no interior e no topo da cabeça, que pode se estender para baixo pelo pescoço e até mesmo chegar aos braços e pernas. Os fanáticos pelo assunto afirmam que há uma distinção óbvia entre o ASMR e o frisson – como são chamados os arrepios e estalos que podem ser produzidos por uma excelente obra musical.

Embora sussurros sejam um dos principais gatilhos, qualquer coisa entre o som que uma caneta faz quando alguém desenha em um pedaço de papel e um discurso monótono e ritmado pode causar um episódio, variando de pessoa para pessoa. E não são apenas estímulos sonoros que podem fazer o arrepio surgir.

O que te deixa ligado?

Para algumas pessoas, a sensação de que alguém está se concentrando exclusivamente em você – como quando um oftalmologista examina seus olhos ou uma cabeleireira corta suas madeixas – também funciona. Ter alguém gentilmente traçando linhas nas suas costas ou acariciando seu cabelo é outra possível causa para a sensação familiar.

Mesmo com tantas possibilidades, existem também aqueles que simplesmente não sentem nada. Para saber se esse é o seu caso ou não, a única forma é testar por conta própria. Ainda que não exista um padrão que funcione para absolutamente todas as pessoas, há alguns temas que aparecem com certa recorrência nos relatos de quem já teve um episódio de ASMR:

Vozes suaves e calmantes; Sussurros bem próximos a um microfone ou aos ouvidos; Tons de voz equilibrados, controlados; Sotaques estrangeiros no seu idioma nativo; Ruídos feitos com a boca, como estalar os lábios; Atenção pessoal exclusiva, como receber cortes de cabelo, maquiagem ou exames médicos; Ver a realização de trabalhos manuais feitos com precisão; Sons de batidas leves e repetitivas em materiais diversos; Ruídos suaves de materiais raspando ou cliques sucessivos; Manuseio cuidadoso de objetos preciosos; “Barulhos brancos”, como zumbidos baixos ou som de chuva.

Fonte: Mega Curioso

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium