Sábado, 11 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Piauí - Sesapi

Postada em 06/08/2019 ás 14h26 - atualizada em 06/08/2019 ás 17h23

Publicada por: Bruna Sampaio

Piauí tem o primeiro caso importado de sarampo confirmado em bebê
O caso foi registrado em um bebê de um ano de idade.
Piauí tem o primeiro caso importado de sarampo confirmado em bebê

Foto ilustrativa

Membros da área técnica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) tomaram conhecimento, nesta terça-feira (6), de um caso de sarampo no município de Campo Grande do Piauí, na região Sudeste do estado, cuojs exames indicaram uma infecção recente. No entanto, o caso não é próprio do estado, uma vez que a criança de um ano de idade foi infectada pelo vírus durante a sua estadia no estado de São Paulo.

Segundo pesquisa da Sesapi, a criança e sua mãe teriam retornado de São Paulo e, ao chegarem no município de Campo Grande, onde residem, a criança teria começado a apresentar os sintomas da doença, com um quadro de febre, tosse e coriza. A criança foi levada para a Unidade Mista daquele município e então encaminhada para o Hospital Regional de Picos. Após a realização dos exames, foi comprovada uma infecção recente pelo vírus.

Amélia Costa, coordenadora de epidemiologia da Sesapi, explica que este é o 5° caso suspeito de sarampo mas o primeiro confirmado. No entanto, a especialista chama a atenção para o fato de o caso ser importado, pois a infecção não aconteceu no Piauí e sim em São Paulo, proveniente do vírus que atualmente circula na Venezuela. “Além de a criança já retornar para o Piauí tendo sido infectada pelo vírus em São Paulo, ela também não foi imunizada. Nós tomamos ciência da situação através do hospital de Picos e a Sesapi já tomou as medidas de fiscalização e acompanhamentos necessário do caso, fazendo o bloqueio de todas as áreas onde a criança transitou no estado”, fala Amélia. Bloqueio se refere ao fato de promover a vacinação em todos os locais onde a criança esteve presente, a fim de evitar o surgimento de novos casos.   

“As ações de controle já foram todas executadas. É preciso reforçar ainda que não existe a necessidade de uma vacinação em massa. A vacina é, sim, importante para o grupo de risco e pessoas que vão viajar para localidades onde existem casos confirmados, mas não existe uma necessidade de urgência para todos se vacinarem”, reforça a coordenadora.

Fonte: Ccom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Acessibilidade: Ampliada a frota do transporte escolar do município

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

São João do Arraial registrou mais 09 novos casos de Coronavírus

Gilbués-PI Por Lucas Oliveira

PREFEITURA DE GILBUÉS REALIZA OBRAS

Simplício Mendes Por Renato Pereira da Silva

Escola Municipal da Betânia está sendo reformada e ampliada

Colônia do Gurgueia Por Francelia

Colônia do Gurgueia cumpre na íntegra o decreto estadual de isolamento

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium