Quinta, 22 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 98844-3653
Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais)

Lucas Stefano Saiba tudo o que acontece na região.

[email protected]

(86) 98844-3653

Cidades - Destaque

Postada em 12/08/2019 ás 10h35 - atualizada em 13/08/2019 ás 23h05

Publicada por: Lucas Stefano

Timonense que nos representa: Sargento Neves
Um relato de coragem e e bravura para reativar a série: 'Timonense que nos representa'
Timonense que nos representa: Sargento Neves

Coragem, abenegação, dedicação desmedida, disposição para trabalho, fazer da farda a segunda pele, quiçá a primeira são características que fazem de Francisco Júnior de Oliveira Neves, o sgt Neves, 46 anos, deste, 26 dedicados à Polícia Militar do Maranhão, em particular ao 11º BPM-MA/Timon, ser um ‘timonense que nos representa’

      Sargento Neves  

Dentre as centenas de ocorrências em que o militar já atendeu, uma em especial que aconteceu recentemente tomou grande notoriedade do público através da blogosfera e da grande mídia, pelo horário e o local onde ocorreu e pelo nível de perigo que a situação proporcionou.

       

O Fato

No dia 05 de Julho de 2019, por volta das 17:00h, os policiais Militares Capitã Ibiapina e Sargento Neves, que estavam em uma viatura do Ronda Escolar, depararam-se com uma situação perigosíssima: um táxi fez uma manobra brusca, saindo de onde estava parado e quase colidiu na Viatura que ia passando no momento.

Pronta Ação Policial

Neste instante, surpresos, os dois PMs decidiram realizar uma abordagem para maiores verificações. Ao descerem da viatura, o taxista saiu do táxi mas havia outros dois (2) homens no banco traseiro, fumando maconha. Neste momento, o Sargento Neves fez uma abordagem corajosa, arriscada, pois os dois indivíduos estavam cada um armado com um revólver Calibre .38(trinta e oito). E, ao que se sabe, um dos elementos armados, chamado BIRO BIRO, fez três tentativas de disparo contra o Sargento Neves, mas as munições não deflagraram, ou seja, no jargão popular, o revólver 'BATEU CATOLÉ'. BIRO BIRO ainda tentou arrancar com o carro, passando do banco traseiro para o dianteiro, mas o Sargento Neves, pensou rapidamente e efetuou um disparo certeiro no pneu traseiro do veículo, fazendo-o esvaziar, impossibilitando a fuga.

O Sargento Neves mandou que os ocupantes do veículo descessem e assim que desceram, deu-lhes voz de prisão. Neste instante chegaram policiais militares que estavam de folga e deram um apoio.

Todos foram levados para a Central de Flagrantes para os procedimentos necessários.

       

Material apreendido

Com os acusados foram encontrados vasto material de flagrante: dois revólveres .38(trinta e oito) municiados com seis projéteis em cada um, outras quatro munições reservas(cabe observar que três das munições estavam ‘picotadas’), um cigarro de maconha que estavam fumando; além de um embrulho de espuma de colchão que continha dentro de si maconha, isqueiro, celular e carregador para ser relançado para dentro de presídio, por cima do muro.

      Biro Biro é um homicida de alta periculosidade  

Alta Periculosidade

Vale ressaltar que BIRO BIRO, o que tentou atingir o Sargento Neves, é acusado de NOVE HOMICÍDIOS, mas diz que já matou 23 em suas contagens, sendo um homem extremamente perigoso.

PUBLICIDADE:

          

 

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium