Domingo, 24 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

24° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Piauí aulo Zottolo
14/08/2019 16h10
Por: Bruna Dias

Executivo que foi preconceituoso com o Piauí quer pedir desculpas

O executivo Paulo Zottolo esteve à frente de grandes multinacionais como Nivea e Philips, mas ficou conhecido nacionalmente depois de um comentário infeliz em relação ao Estado do Piauí. Em entrevista concedida em 2007, ele afirmou que se o Estado deixasse de existir ninguém ficaria chateado. Na época, a comoção foi geral. Doze anos mais tarde e com alguns negócios engatilhados, ele decidiu voltar ao assunto para colocar uma pá de cal no episódio. “Foi o maior tropeço da minha vida”, avalia Zottolo.

Para ele, a polêmica não o afetou profissionalmente, mas arranhou sua imagem na sociedade. “A repercussão dentro da Philips não foi grande, mas no País fui considerado uma pessoa preconceituosa, o que não sou.” Hoje, olhando para trás, ele avalia que o episódio o ajudou a crescer pessoalmente. “Quando você tem muito poder, você acha que é o dono da verdade, é prepotente. Mas aqui ninguém é melhor que ninguém.”

Executivo Paulo Zottolo, ex-presidente da Philips Foto: Philips
Executivo Paulo Zottolo, ex-presidente da Philips Foto: Philips

Para virar a página, o executivo quer visitar o Piauí, se encontrar com o governador e falar na Assembleia Legislativa para – novamente – pedir desculpas públicas. Na época, Zottolo tentou se retratar por meio de publicações nos principais jornais da região e diretamente com o governador Wellington Dias (PT). Agora, num momento em que a sociedade está dividida, ele viu oportunidade de voltar ao tema e levantar uma bandeira branca.

Fonte: Estadão
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp