Terça, 17 de setembro de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
Teresina - Absurdo

Postada em 23/08/2019 ás 08h07

Publicada por: Bruna Sampaio

Corpo de idosa é trocado em UPA de Teresina
O erro foi percebido pela família momentos antes do velório.
Corpo de idosa é trocado em UPA de Teresina

Foto: Divulgação/PMT

O corpo de uma idosa de 100 anos identificada como Júlia Maria de Carvalho Sousa, foi trocado depois de ser liberado da UPA do bairro Satélite, na zona leste de Teresina. O caso aconteceu na quarta-feira (21). 

O erro foi percebido pela família momentos antes do velório após uma funcionária da funerária pedir que os familiares conferissem o corpo. 

Em nota, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina informou que na mesma data e horário, na sala de necrotério da UPA, havia outro corpo, também de uma senhora idosa e que a funerária ignorou a identificação do hospital constante da placa e não fez a verificação da identidade. Disse ainda que a família também não olhou a placa de identificação, mas que o caso foi solucionado de imediato. 

Veja a nota da FMS na íntegra: 

Acerca da troca de corpos no necrotério da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Satélite, na última quarta-feira (21), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina – PI esclarece o que segue:

1. O corpo da senhora de iniciais J. M. C.S. se encontrava no Hospital do Satélite, local no qual ela havia recebido atendimento e tinha ficado internada, todavia a funerária Pax União foi buscar o corpo na sala de necrotério da UPA do Satélite e não no hospital.

2. Na mesma data e horário, na sala de necrotério da UPA, havia outro corpo, também de uma senhora idosa, que possuía placa de identificação com o nome M. F. G. N.. A funerária ignorou a identificação do hospital constante da placa, deixando de proceder à devida verificação da identidade, ou seja, à conferência do nome do corpo ao Atestado de Óbito que a funerária tinha em mãos. A família, que estava presente, também não olhou a placa de identificação. Por sua vez, o profissional terceirizado da UPA, presente no local, não possuía o Atestado de Óbito para conferência, já que este documento ainda seria emitido após realização de exame cadavérico no Hospital Getúlio Vargas.

3.O caso foi solucionado de imediato, quando a funerária, ao perceber a troca, direcionou o corpo ao local adequado.  A Fundação lamenta profundamente o ocorrido e coloca-se à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos.

Nota da Pax União:

Sobre o fato ocorrido envolvendo a UPA do bairro Satélite, Zona Leste, a Pax União informa que prestou atendimento prévio à família, que aguardou nas dependências da funerária pela remoção do corpo do necrotério da UPA do Satélite. Todo o procedimento de liberação foi realizado pelos profissionais da referida unidade de saúde, sem a presença dos familiares para reconhecimento legal e foi reconhecido pelos familiares antes do procedimento de preparação, medida de segurança adotada em todos os atendimentos. O corpo foi reencaminhado para a UPA do Satélite para que fossem tomadas as providências de reparação pela unidade de saúde. A Pax União reitera o compromisso com o bem estar dos seus clientes.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Capitão de Campos Por Celso Oliveira

Capitão de Campos: Fogão do Poço enfaixa Rio Branco de Piripiri

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Guarda Municipal de Timon prende indivíduo com arma de fogo

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Rezas marcam o dia de Santa Cruz em Beneditinos

Vera Mendes Por R10 municípios

Social de Vera Mendes promove intercâmbio entre grupos de idosos

Picos Por Jucelma Sales

Picos | Glória Maria, Zinha Soares e Biquini Cavadão encerram Salivag 2019

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium