Segunda, 23 de setembro de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
Piauí - Projeto

Postada em 03/09/2019 ás 10h06 - atualizada em 03/09/2019 ás 10h10

Publicada por: Gustavo Miranda

Professora piauiense é destaque em premiação nacional sobre femicicídio
A professora Solange Viana falou sobre o projeto desenvolvido na escola.
Professora piauiense é destaque em premiação nacional sobre femicicídio

Foto:Divulgação/Canal 121

A professora Solange da Silva Viana, que ministra aulas de ensino Religioso e Arte na Escola Municipal Joaquim Calado, em Água Branca, é autora do Projeto “Feminicídio: um grito no silêncio”.

O projeto tornou o município de Água Branca o único do Piauí a receber Menção Honrosa do Criativos da Escola, da Fundação Alana, uma organização de impacto socioambiental que promove o direito e o desenvolvimento integral da criança fomentando novas formas de bem viver.

"A professora Solange merece todos os parabéns por essa grande atuação como educadora e cidadã. Os educadores e equipes escolares de Água Branca, de forma geral, se empenham para garantir, nas salas de aulas, um trabalho de prevenção e proteção aos estudantes e suas famílias. Pessoas assim são inspirações para os nossos jovens. É muito bom contar com profissionais desse nível em nosso município. Água Branca está orgulhosa desse feito”, disse o prefeito de Água Branca, Jonas Moura.

A professora Solange Viana falou sobre o projeto desenvolvido na escola e a homenagem recebida: “Isso mostra que, de uma certa forma, um trabalho, mesmo que tão simples, na nossa visão, ele pode conquistar uma proporção muito grande, que nós até desconhecemos. Enquanto professora de ensino Religioso e Arte, eu vejo um mundo de possibilidades com meus alunos”, disse.

Ainda de acordo com a educadora da rede municipal de ensino de Água Branca, “a temática feminicídio foi trabalhada em um momento de bate-papo com os estudantes. Me sinto muito grata, muito honrada por trabalhar nessa escola, por meus alunos, que vão a fundo nas reflexões, e sou grata a Deus pela oportunidade. Vamos tentar amadurecer ao máximo para que nos próximos anos possamos trabalhar com maior intensidade. Quando falamos sobre ‘Feminicídio: um grito no silêncio’ é para que, realmente, a gente venha romper esse silêncio com a nossa voz, com o nosso corpo, com essa causa, com amor e por amor”, ressalta a professora homenageada.

Fonte: Canal 121

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Divulgada lista com locais de votação para eleição do Conselho Tutelar

Francinópolis Por Odair Morais

Francinópolis| Prefeitura realiza a entrega de certificados de informática

Landri Sales-PI Por Domingos Veloso

Mobilização do Setembro Branco, alerta para os perigos da automedicação

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Confira as promoções da semana no Armazém Paraíba de São João do Arraial

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Secretário de Educação de Lagoinha do Piauí participa de reunião no TCE Pi

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium