Terça, 19 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

24° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Brasil Tiroteio
03/09/2019 14h52 Atualizada há 2 anos
Por: Bruna Dias

Pedreiro é morto enquanto trabalhava na laje de imóvel

Um pedreiro foi morto enquanto trabalhava na laje de um imóvel durante tiroteio na Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta terça-feira (03).

Um homem, que se identifica como o dono do estabelecimento, diz que a vítima foi atingida enquanto trabalhava na laje do bar conhecido como Varandão da Gana, onde fazia uma obra.

A vítima era conhecida como Juninho entre os colegas — Foto: Reprodução / TV Globo
A vítima era conhecida como Juninho entre os colegas — Foto: Reprodução / TV Globo

"Acabaram de matar um trabalhador em cima da minha laje, o cara fazendo a minha laje. O cara trabalhando, cara, o policial atirou. Não tinha ninguém, não tinha ninguém. Policial saiu dando tiro. É impressionante como a gente tá sofrendo aqui na Vila Kennedy", se desespera o morador, que se identifica como dono do imóvel.

Protesto

Por volta das 12h, moradores bloquearam a Avenida Brasil, na altura da Vila Kennedy, e realizavam um protesto contra a morte do pedreiro. Pouco antes das 13h, os manifestantes atearam fogo a um ônibus na via.

Às 13h30, os dois sentidos da Avenida Brasil, na altura da comunidade, foram liberados, mas havia retenções ao longo das pistas.

Os moradores acusam policiais militares de terem disparado. De acordo com a corporação, havia uma operação do 14º BPM (Bangu) na comunidade, próximo à saída da Avenida Brasil, quando os agentes foram atacados por criminosos armados.

Logo em seguida, os policiais foram informados de que um homem havia sido ferido. Pela manhã, relatos em redes sociais informavam sobre tiroteio na comunidade.

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp