Quarta, 18 de setembro de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Equatorial - Energia
Fronteiras

Fronteiras

Seja um correspondente.

Cidades - Evento

Postada em 09/09/2019 ás 15h15 - atualizada em 09/09/2019 ás 15h21

Publicada por: Geysa Silva

Fronteiras | Multidão de fiéis participam do encerramento de festejo
A missa foi transmitida pela rádio e pela página da Pascom no Facebook e Instagram
Fronteiras | Multidão de fiéis participam do encerramento de festejo

Foto: Cidades na Net

Centenas de católicos devotos lotaram a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Fronteiras para prestigiar a missa solene do centésimo nono festejo da padroeira. Presidido pelo bispo Dom Plínio José o ato foi concelebrado pelo padre e pároco local Gildo Coelho que apresentou os sacerdotes: Frei Rui Medeiros; padre Sales, da Arquidiocese de Fortaleza; Vigário paroquial, padre Francisco Ramires; padre José Wilton – pároco de Nossa Senhora da Penha em Campos Sales- CE, juntamente com os seminaristas. A missa foi transmitida pela rádio Cultura FM de Picos e pela página da Pascom no Facebook e Instagram.

Em seguida a apresentação dos líderes religiosos foi cantado o Hino de Louvor n° 24, momento de leitura da liturgia da palavra e o acompanhamento musical pelo Coral Maria de Jesus com aclamação do Santo Evangelho cantando Aleluia, feita pelo padre Francisco Ramires, vigário paroquial que na ocasião proclamou o Evangelho.

O Bispo Dom Plínio José da Luz que presidiu a cerimônia, saudou o público presente abençoando-o. Durante homilia Dom Plínio fez importantes reflexões baseadas no Evangelho de Jesus narrado por São Lucas, apresentando os desafios para ser cristão e ter a felicidade correta, segura e plena.

“Que o Deus da esperança nos cubra de toda alegria e paz em nossa fé pela ação do Espirito Santo esteja convosco. Celebramos a festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, querida padroeira de Fronteiras”, abençoou.

“Hoje apresentaremos desafios para ser cristão credível. Um deles exige que as pessoas sejam desapegadas até mesmo da família  e até da vida porque as pessoas que não vem na missa porque tem que ficar com a família já tá perdendo ponto. Tem que ser desapagado o que é diferente de desprezar, pois diz no mandamento: Amar a Deus sobre todas as coisas. Jesus disse que quem quiser segui-lo tem que ser desapegado dos filhos e da família. Quem quiser seguir tem que desapegar e renunciar até da vida. Quem quiser seguir tem que estar disponível”, disse o bispo segundo narração de São Lucas.

Padre Gildo Coelho em palavras acolheu todos os católicos que lotaram a igreja agradecendo aos padres, lideres religiosos que durante os dias de festejo passaram pela paróquia.

“Nessa caminhada de muita oração e participação, queremos acolher nesta manhã todos os nossos irmãos e irmãs aqui presentes. Nossa alegria neste dia é completa porque nos encontramos com os filhos de Deus para celebrar nossa fé. Graças ao sim de vocês pelo compromisso e pela contribuição com nossa festa com os objetivos religiosos e financeiros. Quero entregar à Jesus e nossa mãe Maria Santíssima todos os seus filhos que estão aqui porque ela conhece o coração, desejo e boa vontade de todos. Muito obrigado irmãos e irmãs pela belíssima festa realizada em nossa paróquia. Todos vocês estão de parabéns e receberão sem dúvidas as bênçãos dos céus sobre as necessidades. Muito obrigado! Agradeço à todas as equipes que formamos desde junho para organizar nosso festejo. À todos os padres que vieram e somaram conosco durante esses dias. Minha gratidão ao bispo Dom Plínio que está sempre disponível para nos atender e ensinar. Muito obrigado por nos atender neste dia muito importante”, agradeceu o pároco Gildo Coelho.

Devota de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, dona Maria Aquiles, conhecida como Salete, fez um relato sobre sua fé e luta contra um câncer. Em seu depoimento relatou que há um índice considerado elevado da doença que acomete pessoas no município e ressaltou sobre a fé em lutar mesmo diante das dificuldades impostas pela patologia.

“Quando eu recebi o resultado chorei muito e pedi à mãe de Deus que mandasse minha mãezinha lá do céu para me acalmar porque eu estava muito desesperada e quando cheguei em casa meu desejo era morrer. Me encostei no portão e pedi: Jesus se você me deu esse Câncer foi para transformar meu coração de pedra que tenho em um coração de carne, eu te louvo e te agradeço. Se você me deu esse CA, para acabar com todas as adversidades em minha família, eu te agradeço. Fiquei me questionando sentindo a presença de Maria Santíssima e da minha mãe que me deu forças: “Não fique triste. Confie em Deus, confie em Maria”. Eu já tinha perdido um sobrinho por conta dessa doença. Já tinha perdido um irmão e meu CA era idêntico, mas Deus enviou um anjo de luz que disse: Maria não tenhas medo. Lute! […]. Confesso que em  muito momentos eu esmoreci de fraqueza. Não nego. Chorava de noite e pedia a Jesus que me desse coragem”, relatou.

Durante depoimento relatando a luta contra o câncer, muitos se emocionaram. Dona Salete revelou a quantidade de sessões de quimioterapias e declarou sua felicidade.

“Já tomei 50 quimioterapias. Já fiz duas grandes cirurgias e estou aqui feliz da vida (aplausos). Digo que se hoje eu partir “Maria Aquiles conhecida por Salete” morre feliz”, finalizou seu relato perante batalha contra o câncer.

Dando prosseguimento à missa solene, crianças entraram com a palavra sagrada.

Fonte: Cidades na Net

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium