Quarta, 20 de novembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação 2
Marcolândia

Marcolândia

Seja um correspondente.

Cidades - Em Marcolândia

Postada em 12/09/2019 ás 08h32 - atualizada em 12/09/2019 ás 08h53

Publicada por: Geysa Silva

Marcolândia | Jogador fará parte da categoria de base do Fluminense
O sonho do jovem em se tornar um jogador de futebol profissional se tornou mais próximo
Marcolândia | Jogador fará parte da categoria de base do Fluminense

Foto: Divulgação

Gustavo de Oliveira Santos, também conhecido como “Pelezinho” na roda de amigos e dentro de campo ganhou este apelido pela habilidade no futebol. O garoto é natural da cidade de Marcolândia, no Piauí. Com apenas 15 anos o estudante da Unidade Escolar Valdir Tintiliano, filho de Dona Neta, raspadora de mandioca e do seu César, vendedor de picolé, se destacou após participar de campeonatos e se tornar o craque nas disputas.

Hoje, o sonho do jovem em se tornar um grande jogador de futebol profissional se tornou mais próximo, após 34 dias no Rio de Janeiro, ele foi contratado por um dos maiores times do Brasil, o Fluminense.

O jovem Gustavo, o Pelezinho vem uma família humilde de quatro irmãos sendo três mulheres e ele o único homem. E fala sobre os próximos objetivos e sonhos.

“Tenho apenas 15 anos e estou focado, sempre tive sonho de ser jogador e quando surgia alguma oportunidade dava o meu melhor. Jogava pelos campinhos da cidade, na escola, na rua onde me reunia com os meus amigos. Vou buscar como objetivo trilhar uma carreira brilhante pelo futebol. Sou de família humilde e meu sonho é realizar os sonhos da minha mãe e poder dar uma boa qualidade de vida a minha família”, disse.

A maioria dos jovens buscam ingressar em uma carreira como jogador profissional e mudar de vida, com o “Pelezinho” não foi diferente, e acreditando no seu potencial o seu empresário Aristóteles e o prefeito da cidade Francisco Pedro de Araujo, o chico Pitú, incentivaram e apoiaram ao sonho do jogador.

O seu empresário Aristóteles, conhecido como “Tota da Xerox”, fala da sua relação com o garoto e explica que largou os seus estabelecimentos para correr atrás do sonho do rapaz.

“Descobri esse garoto com 12 anos jogando bola pelos campinhos da cidade, e comecei a acreditar na carreira dele. Larguei tudo e vim para o Rio de Janeiro em busca de realizar os sonhos do Pelezinho, e hoje, depois de 34 dias que estamos aqui ele foi aprovado e passa a ser atleta do Fluminense. Para mim isso é motivo de honra e de agradecimento a Deus, e compartilhar isso com as pessoas que também acreditaram e com gente da nossa região é muito bom”, disse.

Aristóteles ainda contou sobre a trajetória do Pelezinho e citou que times como Atlético Mineiro, Bahia, Sport e Grêmio também mostraram interesse pelo jovem, mas optaram em dar início pelo Fluminense.

“Trabalho com o Pelezinho há três anos, agora em fevereiro mandei ele pra o Campinas do Goiás, um time alagoano que disputa seleção de base, e ele foi eleito o craque, o melhor jogador da competição, em julho ele veio passar as férias aqui na cidade, e eu o levei para uma competição em Juazeiro do Norte para disputar do Cariri Open e novamente ele saiu como craque. Logo após, os times brasileiros presentes nesta competição começaram a me ligar, eram 14 times interessados e optamos por começar com o Fluminense”, explica.

O jogador marcolandense joga na posição de atacante e após peneira irá começar sua carreira na categoria de base em um dos maiores times do Brasil, o Fluminense, no Rio de Janeiro.

Fonte: Cidades na Net

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium