Segunda, 26 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

28°

19° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Jucelma Sales
Jucelma Sales Correspondente do município.
Cidades Educação
12/09/2019 11h40
Por: Geysa Silva

Picos | Abertura do Salivag teve homenagens ao Prof. Inácio Baldoíno

Foi lançado na noite desta quarta-feira (11) a sétima edição do Salão de Livros do Vale do Guaribas, o qual foi repleto de homenagens ao professor picoense Inácio Baldoíno de Barros, dono do ilustre nome que identifica o Salivag 2019.

“Essa é uma homenagem que eu acho que não merecia, não. Mas já que quiseram fazer, a gente vem, mesmo assim em cadeira de rodas, tomar presença. É uma honra receber uma homenagem dessas”, declarou o homenageado Inácio Baldoíno, que mesmo debilitado fisicamente, se fez presente ao evento com filhos, netos e bisnetos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Representando o avô, discursou o seu neto, o pastor e escritor Levi Barros. Ele declarou que a família está muito feliz com a homenagem prestada a seu avô, o qual dedicou sua vida pela educação.

Continua depois da publicidade

“A gente recebe essa homenagem com muito amor, com carinho, com uma admiração muito grande, porque o professor Inácio é isso. Ele dedicou a vida inteira na educação. Quando ele soube que receberia essa homenagem, ele ficou muito feliz e uma das frases que ele soltou foi que não era digno e nem merecedor de tal honra. Mas quando você vai estudar a história do Professor Inácio, você fica assustado com o seu currículo e empenho na vida acadêmica e educacional. A nossa família agradece o carinho e por esta tão honrosa homenagem”, disse o neto do homenageado.

Eugênia Barros, filha do professor Inácio Baldoíno, reafirmou a felicidade expressada pelo pai por receber a homenagem, principalmente ele estando vivo.

“Meu pai merecia, em vida, uma homenagem como essa. Estamos muito satisfeitos porque ele está muito feliz. E ele estando feliz, nós todos estamos. Há netos dele que não puderam vir porque moram e trabalham fora, mas nós que pudemos, estamos aqui para participar desse momento grandioso na vida de meu pai”, destacou.

O Prefeito Municipal de Picos, Padre Walmir de Lima, pontuou os benefícios que traz o Salivag para a sociedade. Para ele, não é apenas venda e exposição de livros, mas de troca de conhecimentos e de plantio da sabedoria.

“O sentimento aumenta a cada ano. Para a gente, é uma felicidade imensa estarmos celebrando hoje a sétima edição desse projeto que começou em 2013 e que faz parte do calendário do município. Aqui é uma feira de conhecimento, de cultura. É uma feira em que Picos enriquece e, costumo dizer, que também é de semeadura, e que com o passar do tempo vai gerar frutos, e frutos em abundância”, destacou.

Rosilene Monteiro, Secretária de Educação, afirmou que, por mais que sejam difíceis os caminhos de preparo do Salão de Livros, é sempre compensador, ao final, ver o resultado que o evento proporciona na vida dos picoenses.

“É uma satisfação muito grande estarmos realizando essa sétima edição. Não é uma tarefa fácil, mas é absolutamente compensadora quando a gente vê a trajetória do Salão de Livros, a gente tem história para contar. Estamos satisfeitos, com corações gratificantes, ao ver esse público todo prestigiando. Fazer educação é muito mais do que uma sala de aula. Na realidade, ela perpassa os muros da sala de aula, e o Salivag vem com essa proposta e acredito que isso surta efeito, sim. Estamos trazendo palestras para todos os gostos. Falaremos de autismo, de vivências de jovens que foram em busca de seus sonhos, e muitas outras palestras”, disse.

Marcaram presença alunos da Escola Estadual Pedro Evangelista Caminha, do município de Geminiano. Os discentes fazem parte de um projeto denominado “Jornal Corujinha”, o qual será apresentado durante o Salão Literário. O professor Ricardo de Moura Borges expressou a alegria de participarem do evento.

Fonte: Cidades na Net
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp