Terça, 20 de Abril de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

28°

23° 29°

Teresina - PI

Últimas notícias
Brasil Decisão Judicial
19/09/2019 12h14 Atualizada há 2 anos
Por: Marina Sousa

TSE multa dono da Havan por fazer propaganda para Bolsonaro dentro da loja

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, vai pagar R$ 2 mil por ter sido condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em julho deste ano, acusado de ter feito propaganda eleitoral irregular em uma de suas lojas em São Bento do Sul (SC) em favor do então candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) durante as eleições de 2018. As informações são do DW.

Luciano fez um discurso em que dizia: “Todos sabem a minha posição. Eu sou Bolsonaro! Bolsonaro! Quero uma salva de palmas”. E, em seguida, pediu que todos saudassem o candidato. No final, afirmou: “Pra esse Brasil mudar, pra esse Brasil melhorar, Bolsonaro Presidente”.

Segundo a legislação brasileira, é proibida a veiculação de propaganda eleitoral em bens de uso comum, incluindo cinemas, clubes e lojas.

Continua depois da publicidade

A chapa de Bolsonaro foi isenta de responsabilidade pelo ocorrido, devido a falta de provas de “seu prévio conhecimento, anuência ou participação nos atos”.

Fonte: Isto é
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®