Quarta, 22 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

23° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Julgamento
20/09/2019 11h25 Atualizada há 2 anos
Por: Bruna Sampaio

Homem é condenado a 14 anos de prisão por matar trapezista de circo no PI

O Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (GAEJ), representado pelo promotor de Justiça João Malato Neto, obteve a condenação de Fábio Rodrigues da Silva a uma pena de 14 anos de reclusão em regime fechado.

O julgamento aconteceu ontem (19), na comarca de Marcos Parente-PI.

Foto ilustrativa/reprodução
Foto ilustrativa/reprodução

Fábio Rodrigues da Silva foi condenado por homicídio duplamente qualificado pelo motivo fútil e pela utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Continua depois da publicidade

O crime

No dia 23 de abril de 2011, por volta das 03h da madrugada, nas dependências do estabelecimento “Marcoense Clube”, o acusado desferiu uma facada na vítima, Eduardo Marciel.

O fato criminoso deu-se em virtude da ocorrência de uma discussão momentos antes do crime, envolvendo a vítima e a namorada de Fábio, que deslocou-se até sua residência, onde armou-se. Após avistar a vítima desatenta conversando com amigos, Fabio surpreendeu Eduardo com uma violenta facada no tórax.

“Esse crime, à época dos fatos, causou grande repercussão na sociedade de Marcos Parente, posto que os personagens envolvidos eram membros de um circo que estava se apresentando na cidade, sendo que o condenado era o palhaço e a vítima era o trapezista. A população local clamou por justiça em virtude da violência e da covardia do crime cometido”, declarou o promotor João Malato Neto.

Fonte: MPPI
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp