Quarta, 23 de outubro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Made Propagnda
[email protected]
(86) 99915-1055
Curiosidades

Curiosidades

Curiosidades Coluna de notícias curiosas.

[email protected]

(86) 99915-1055

Geral - Curiosidades

Postada em 23/09/2019 ás 11h06 - atualizada em 23/09/2019 ás 11h45

Publicada por: Marina Sousa

Mulheres com bumbum grande têm menor risco de ter problemas de saúde
Para a investigação, foram analisadas amostras de 16.000 mulheres que se voluntariaram.
Mulheres com bumbum grande têm menor risco de ter problemas de saúde

Foto: reprodução/internet

Alguns investigadores da Universidade de Oxford lançaram os resultados de um estudo que sugere que as mulheres cujo rabo é grande têm menos riscos de sofrerem de problemas de saúde.

Para além disso, conseguiram também concluir que estas mesmas mulheres são mais inteligentes do que as outras.

Não é interessante?

Primeiramente, constataram que as mulheres com o rabo grande tinham os índices de colesterol mais baixos, o que fazia com que as suas hormonas as ajudassem a queimar os açúcares mais rápido. Depois, concluíram que essas mulheres tinham menos riscos de sofrer de problemas cardíacos, diabetes e problemas similares derivados da quantidade pouco saudável de colesterol ingerido.

A razão por detrás disto?

Os largos depósitos de ácidos Omega 3 que estão presentes nos corpos das mulheres.Esses minerais são naturalmente dados a mulheres com estas características, o que também ajuda muito a melhorar as suas funções cerebrais. Konstantinos Manolopoulos, um professor grego responsável pelo estudo, disse aos repórteres do ABC News que as mulheres com mais gordura no rabo tinham maiores índices de glucose e colesterol no seu corpo. Para a investigação, foram analisadas amostras de 16.000 mulheres que se voluntariaram.

O estudo continua a explicar que ter um rabo grande ajuda a atingir maiores níveis de leptina, uma hormona que controla o processo de ganho/perda de peso corporal! Com os estudos a serem repetidos em outras duas universidades conceituadas – Pittsburh e Califórnia, os resultados obtidos foram muito similares! Tudo aponta para o facto de as mulheres com cintura fina, ancas largas e rabos grandes terem mais esperança de vida do que as outras mulheres.

Fonte: Revistapt

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium