Sexta, 25 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

29°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Brasil Procurada
25/09/2019 08h45 Atualizada há 2 anos
Por: Bruna Sampaio

Universitária desaparece após sair de academia

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

As polícias Militar e Civil realizam buscas por uma jovem de 19 anos que desapareceu na manhã dessa terça-feira (24), em Bariri (SP).

Familiares informaram à polícia que Mariana Bazza foi na academia por volta das 7h e depois disso não teria mais entrado em contato com a família.

Na noite dessa terça-feira (24), a polícia prendeu um suspeito de envolvimento no desaparecimento da universitária.

Continua depois da publicidade

De acordo com informações do delegado responsável pelo caso, Durval Izar Neto, o suspeito de 37 anos foi identificado pelas câmeras de segurança da região onde fica a academia.

É ele quem aparece conversando com a jovem e que oferece ajuda para trocar o pneu do carro dela, que estava murcho.

Nas imagens, registradas pela câmera de segurança da academia de onde a jovem tinha saído, é possível ver que os dois conversam durante alguns segundos. Em seguida, ele atravessa a rua enquanto Mariana entra no carro e dá a volta na avenida até entrar em um imóvel que seria uma chácara, onde o rapaz fez a troca do pneu.

A câmera também registrou o momento em que o carro da jovem deixa o terreno, cerca de uma hora depois. Depois de identificar o suspeito que aparece nas imagens, a polícia mobilizou uma operação de buscas que durou cerca de 7 horas. Ele foi encontrado na cidade de Itápolis, escondido no telhado de uma casa.

"Nós pedimos a quebra do sigilo telefônico dele e descobrimos que ele estava em Itápolis na casa de familiares. Quando a equipe chegou ao local, ele fugiu. Nós fizemos as buscas na região e o encontramos deitado no telhado de uma casa nas redondezas", explica o delegado.

Durante a madrugada ele foi ouvido, mas negou envolvimento no desaparecimento de Mariana, que cursa fisioterapia em uma universidade particular de Bauru. Ainda de acordo com o delegado, ele é o principal suspeito porque não sabe explicar porque o carro da vítima estava em Itápolis, onde ele também estava.

"E as imagens do circuito de segurança mostram a Mariana entrando com o carro na chácara e suspeito saindo com o veículo uma hora depois", completa.

O suspeito foi preso em flagrante e vai passar por audiência de custódia nesta tarde no Fórum de Jaú.

A polícia faz buscas na chácara onde Mariana foi vista pela última vez e também na região onde o carro foi localizado.

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp