Terça, 15 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes Futebol Brasileiro
25/09/2019 10h59 Atualizada há 2 anos
Por: Marina Sousa

Sampaoli evita falar de briga pelo título e condena críticas ao técnicos

Foto: Gabriel do Santos/GE
Foto: Gabriel do Santos/GE

Jorge Sampaoli, técnico do Santos, concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, véspera da partida contra o Fluminense, no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O argentino evitou falar sobre a briga pelo título do Brasileirão e afirmou que tudo será definido "mais adiante". Sampaoli também aproveitou para condenar as críticas feitas a treinadores no Brasil e citou até Mano Menezes, atualmente no Palmeiras, que deixou o Cruzeiro muito pressionado.

"Vamos definir mais adiante. Estivemos cinco pontos atrás do Palmeiras e depois cinco acima. Tudo muda de orientação. O grupo precisa superar esse momento, que também passou com Palmeiras e Flamengo, quando foram insultados no aeroporto. Temos que fazer com que essa maneira de manifestar, para mim ridícula, que a cada semana muda a performance de um treinador. Respeito muito o Mano Menezes. Saiu do Cruzeiro sendo completamente criticado, deformando sua profissionalidade, e hoje é o grande líder do Palmeiras. Em uma semana muda tudo." – disse Sampaoli.

Continua depois da publicidade

Sampaoli também comentou o planejamento do Santos para 2020. Segundo o treinador, os reforços vão dizer qual lugar o clube que ocupar na próxima temporada.

"Tratamos de superar as dificuldades do clube neste ano, sem fluxo de contratar e contratar a longo prazo, do jeito que podia por falta do tema financeiro. Temos que organizar e saber bem a realidade financeira para saber quais movimentos, com o pressuposto para 2020, que se possa ter a melhor equipe possível. Meu desejo era ganhar título em dois anos, mas está relacionado com a possibilidade de contratar jogadores com capacidade para esse lugar. Difícil alcançar só com a maneira de jogar. Com esse planejamento do Autuori, com o pressuposto para 2020, o clube precisa ver qual lugar quer ocupar. Estamos trabalhando nisso." – concluiu.

Atualmente, o Santos é o terceiro colocado do Brasileirão, com 37 pontos, oito atrás do líder Flamengo.

Fonte: GE
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp