Sexta, 10 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Piauí - Teresina

Postada em 26/09/2019 ás 17h11 - atualizada em 27/09/2019 ás 08h02

Publicada por: Bruna Sampaio

PPP da luz de Teresina: Consórcio vencedor tem rastro de corrupção
O contrato deve ser assinado nos próximos dias sem qualquer manifesto do MP.
PPP da luz de Teresina: Consórcio vencedor tem rastro de corrupção

Foto: reprodução

Você tem observado vias de Teresina às escuras e a alta taxa de iluminação pública cobrada em sua conta de energia?

Pois a situação pode piorar.

Em breve toda a iluminação pública da cidade será entregue a empresas vencedoras da licitação de iluminação pública realizada pela prefeitura, através de um consórcio.

Classificada em primeiro lugar na concorrência pública nº 01/2019, o Consórcio Teresina Luz, formado pelas empresas Brasiluz Eletrificação e Eletrônica Ltda, Conasa Infraestrutura S. A e FM Rodrigues e CIA Ltda, tem como objetivo a prestação dos serviços de iluminação pública no município de Teresina, incluídos a implantação, a instalação, a recuperação, a modernização, o melhoramento, a eficientização, a expansão, a operação e a manutenção da rede de iluminação pública.

No entanto, o histórico de empresas que fazem parte do consórcio, mostra que os serviços executados atualmente por essas empresas são de péssima qualidade . Além da péssima qualidade, o consórcio FM Rodrigues é investigado por pagamento de propina no bilionário contrato da PPP da Iluminação em São Paulo. Os contratos com a prefeitura paulista foram suspensos por liminar devido a suspeita de corrupção.

Em Manaus, segundo matéria divulgada pela CBN, a Consladel, integrante do consórcio FM Rodrigues e responsável pela iluminação pública, é acusada de ter desviado mais de R$ 100 milhões da prefeitura.

A FM Rodrigues, de acordo com matéria divulgada pelo site acrítica, já recebeu da gestão Arthur, de 2013 até 2018, R$ 431,3 milhões em empenhos (primeira fase de pagamento), conforme dados disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura.

Os problemas em Manaus são vários: não instalação de luminárias LED nas ruas adjacentes; determinados trechos da rua ou do bairro que são contemplados; apenas “vias turísticas” estão sendo bem iluminadas, entre outros.

Na capital do Piauí, o Consórcio Teresina Luz – que tem a FM Rodrigues entre as empresas -, apresentou, segundo a prefeitura municipal, “a melhor proposta na licitação da PPP de iluminação” e ficará responsável pelo serviço por um período de 20 anos. O valor estimado dos serviços ao longo do período de contratação é de cerca de R$ R$ 775 milhões.

O contrato deve ser assinado nos próximos dias, estranhamente, sem qualquer manifesto do Ministério Público.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Acessibilidade: Ampliada a frota do transporte escolar do município

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

São João do Arraial registrou mais 09 novos casos de Coronavírus

Gilbués-PI Por Lucas Oliveira

PREFEITURA DE GILBUÉS REALIZA OBRAS

Simplício Mendes Por Renato Pereira da Silva

Escola Municipal da Betânia está sendo reformada e ampliada

Colônia do Gurgueia Por Francelia

Colônia do Gurgueia cumpre na íntegra o decreto estadual de isolamento

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium