Domingo, 26 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

37°

22° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Piauí Confira!
30/09/2019 15h27 Atualizada há 2 anos
Por: Bruna Sampaio

Câmera flagra empresário fugindo após atropelar namorada e amiga

Uma câmera de segurança registrou o momento que o empresário Pablo Henrique Campos Santos foge após atropelar a namorada Anuxa Alencar e sua amiga Vanessa Carvalho.

O crime ocorreu na madrugada desse domingo (29), após as vítimas saírem de uma festa de casamento na avenida Homero Castelo Branco, zona leste de Teresina. 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anuxa ficou ferida e Vanessa morreu. Pablo foi preso horas depois dormindo em casa. Ele foi autuado por feminicídio. Nesta segunda-feira (30), a justiça converteu a prisão em flagrante do empresário em preventiva. 

Continua depois da publicidade

O vídeo mostra dois convidados saindo da festa e, em seguida, o carro modelo Jeep cor branca conduzido por Pablo passando pela avenida em alta velocidade. Ao olhar para trás, o casal corre assustado em direção às vítimas. 

Veja o vídeo:

Motivação

Segundo testemunhas, Pablo e Anuxa discutiram no evento e ele foi embora. Anuxa pediu carona para Vanessa para ir para casa. Quando as duas estavam se deslocando para o veículo, foram surpreendidas pelo suspeito que havia retornado ao local. Vanessa morreu dentro da ambulância do Samu e Anuxa foi levada ao HUT. Ela sofreu traumatismo craniano leve e não corre risco de morte. 

Relacionamento abusivo

De acordo com a delegada Anamelka Cadena, os depoimentos das testemunhas apontam que Anuxa era vítima de relacionamento abusivo. "O que a gente percebe nos discursos é a sinalização de prática de violência doméstica, de relacionamento abusivo. Eles viviam juntos há um ano, então todos que foram ouvidos ontem e conviviam com o casal, apontaram essas práticas", reiterou Anamelka. 

Pablo deve responder por feminicídio consumado pela morte de Vanessa, e feminicídio tentado pelo crime contra Anuxa. 

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp