Segunda, 30 de Novembro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

24° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Curiosidades
Curiosidades
Coluna de notícias curiosas.
Geral Saúde bucal
02/10/2019 11h56 Atualizada há 1 ano
Por: Marina Sousa

7 coisas que uma afta na sua boca pode estar revelando sobre sua saúde

Aftas é uma ferida na boca, que gera ardência e dor; Embora seja benigma pode ser muito incomôda.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Em suma, não há explicação 100% definida para a origem da afta. Entretanto, sabe-se que a afta começa com um machucado na camada superficial da mucosa da boca, exatamente no tecido epitelial. De acordo com especialistas, a afta é fruto de déficit vitamínico, baixa na imunidade, excesso de acidez e, claro, traumas, como por exemplo, uma mordida.

Nesse ínterim, sabe-se também que a ferida costuma atrair bactérias, que habitam a cavidade oral. Tal infecção é responsável por agravar o estado inflamatório da afta. Como o tecido conjuntivo é repleto de terminações nervosas, a ferida, além daquela cobertura úmida e esbranquiçada, típica da afta, acaba provocando ardência, coceira e dor.

Mesmo sendo pequena, a afta pode fornecer diversas informações sobre seu estado de saúde. Conheça agora, 7 detalhes que a incômoda ferida revela.

Continua depois da publicidade

1

 

Continua depois da publicidade

A afta é uma das doenças mais comuns da mucosa oral. Basicamente, como já dissemos, as aftas são pequenas úlceras rasas, que surgem na gengiva ou embaixo da língua. Em suma, as feridas apresentam uma aparência oval, branca ou levemente amarelada com bordas avermelhadas. A frequente presença de aftas, na maioria dos casos, ocorre quando o sistema imunológico está comprometido. Ou seja, nosso organismo não consegue combater, com eficiência, as bactérias que destroem parte do tecido da boca.

2

Continua depois da publicidade

Quadros depressivos ou momentos de estresse constante podem acarretar o surgimento dessas feridas. Como isso ocorre? De acordo com especialistas, o estresse, ao afetar diretamente o sistema imunológico, deixa a boca seca. Com a boca constantemente seca, as chances de lesões aumentam drasticamente.

3

Tem algum problema de saúde? Precisa ingerir constantemente medicamentos? Se sim, atenção. Em suma, como explicam os especialistas, se você tiver um problema de saúde e/ou estiver tomando medicamentos e/ou realizando tratamentos, saiba que alguns remédios e procedimentos podem causar feridas na boca.

4

A deficiência, em determinados nutrientes, é outra explicação que está diretamente relacionada à origem do problema. Dentre os nutrientes, aponta-se que a vitamina B12 e a vitamina C. Além disso, o ferro e o zinco também são elementos que, em caso de carência, podem desenvolver o problema.

5

Em suma, a presença constante de aftas pode estar relacionada a fatores hereditários e genéticos. Isso mesmo. Pode ser um problema hereditário. De acordo com pesquisas, algumas pessoas, simplesmente, têm uma tendência maior em originar pequenas úlceras, por apresentarem uma menor proteção natural na região da mucosa bucal.

6

Mulheres, atenção. O estresse da vida moderna e até mesmo a TPM são alguns dos vilões, que contribuem para o surgimento das aftas. As pequenas lesões na mucosa bucal, que podem aparecer isoladamente ou de forma múltipla, costumam ser mais comuns nas mulheres, em grande medida devido às alterações hormonais resultantes do ciclo menstrual.

7

Em suma, não há uma necessidade obrigatória de tratar a afta. De acordo com especialistas, o ideal mesmo é deixar a ferida se curar sozinha. No entanto, caso a dor seja extremamente incômoda, especialistas indicam o uso de anti-inflamatórios. Ainda nesse ínterim, vale ressaltar também que o anestésico pode ser um importante aliado. Em suma, o anestésico permite que a pessoa se alimente sem sentir dor.

Fonte: Fatos curiosos
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®