Sábado, 08 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

24° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes Libertadores
03/10/2019 07h42 Atualizada há 2 anos
Por: Marina Sousa

Flamengo tem três gols anulados e empata com Grêmio

Gabriel, do Flamengo, e Kannemann, do Grêmio, em disputa de bola durante a partida entre as duas equipes pela semifinal da Libertadores, em Porto Alegre - (Foto: Diego Vara/Reuters)
Gabriel, do Flamengo, e Kannemann, do Grêmio, em disputa de bola durante a partida entre as duas equipes pela semifinal da Libertadores, em Porto Alegre - (Foto: Diego Vara/Reuters)

Grêmio e Flamengo empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira, 2, na arena gremista, em Porto Alegre, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Libertadores. Os visitantes abriram o placar com Bruno Henrique, mas os gaúchos conseguiram arrancar o empate nos minutos finais da partida com o atacante Pepê. 

Com a regra do gol marcado fora de casa, o Flamengo pode empatar sem gols no jogo de volta, dia 23, no Maracanã, que irá à decisão. Nova igualdade em 1 a 1 leva para os pênaltis.

Não houve novidade na atuação do Flamengo. Pelo contrário, só seguiu a cartilha de Jorge Jesus: é preciso jogar bem dentro e fora de casa se quiser ser campeão. Com marcação forte e sufocante no ataque, o Fla foi soberano no primeiro tempo e não abriu o placar, muitas vezes, por muito pouco.

Continua depois da publicidade

As únicas comemorações da torcida gremista antes do intervalo aconteceram ao ver os gols de Everton Ribeiro, por falta, e de Gabigol, impedido, serem anulados.

O problema é que manter esse ritmo por tanto tempo cobra o seu preço e o Grêmio cresceu quando o Flamengo cansou. Luan passou a ditar o ritmo do jogo e foi dos pés do camisa 7 saiu o passe para Everton, que só não marcou porque Diego Alves fez sua defesa mais importante nesta Libertadores.

Mas outra característica desta equipe do Flamengo é saber ser mortal no momento certo. A estratégia foi aproveitar os espaços deixados aos contra-ataques. Assim nasceu a liberdade dada a Arrascaeta, que precisou cruzou para Bruno Henrique anotar. O VAR ainda confirmaria outra anulação de gol de Gabigol, por impedimento, antes do erro rubro-negro que fez a diferença.

Com Filipe Luís caído, o Flamengo não conseguiu parar a jogada e, com um a menos na defesa, viu Everton ter espaço para cruzar e Pepê empatar. Placar que deixa a semifinal em aberto.

Fonte: Jornal Extra
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp