Sexta, 05 de junho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Campanha app Governo do PI
Educação - Mudanças na educação

Postada em 07/10/2019 ás 08h48 - atualizada em 07/10/2019 ás 08h58

Publicada por: Marina Sousa

Estado de São Paulo adere ao programa de escolas militares
Os militares irão atuar como monitores, acompanhando os alunos e fazendo contato com as famílias.
Estado de São Paulo adere ao programa de escolas militares

R$ 54 milhões serão liberados pelo MEC para o programa. - Foto: Reprodução

O estado de São Paulo decidiu aderir ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do MEC (Ministério da Educação). De acordo com João Doria, governador de São Paulo, a decisão ocorreu após esclarecimentos prestados pelo ministério ao secretário de Educação do estado.

“Nós pedimos uma análise mais profunda do secretário de Educação, Rossieli Soares, que foi ministro da Educação, e de forma muito conscienciosa. Hoje de manhã, o secretário me disse que é possível a aprovação. Portanto São Paulo vai aderir”, disse Doria aos jornalistas quinta-feira (3), durante passagem por Brasília.

O MEC vai liberar R$ 54 milhões para o programa em 2020, sendo R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal em algumas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar e reformas, entre outras intervenções.

As escolas em que haverá pagamento de pessoal são as que fizerem parceria com o MEC e o Ministério da Defesa, que contratará militares da reserva das Forças Armadas para trabalhar nos estabelecimentos. A duração mínima do serviço é de dois anos, prorrogáveis por até dez, podendo ser cancelado a qualquer tempo. Os profissionais vão receber 30% da remuneração que recebiam antes de se aposentar.

Os estados poderão ainda destinar policiais e bombeiros militares para apoiar a administração das escolas. Nesse caso, o MEC repassará a verba ao governo, que, em contrapartida, investirá na infraestrutura das unidades, com materiais escolares e pequenas reformas.

Os militares irão atuar como monitores, acompanhando os alunos e fazendo contato com as famílias.

Fonte: R7

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Barreira Sanitária para monitorar casos de COVID-19 começa a funcionar 24 h

Barro Duro Por João Paulo

Casos de Covid-19 continuam crescendo em Barro Duro

Esperantina-PI Por Francisco Menezes

Jovem morre após colidir moto contra barranco de piçarra em Esperantina

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Confira o boletim atualizado da Covid-19 em São João do Arraial

Landri Sales-PI Por Domingos Veloso

Atividade do 2° dia da Semana de Meio Ambiente é divulgada pela SEMMA

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium