Segunda, 21 de outubro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo do Estado Out 16 a 30.10.2019
[email protected]
(89) 99403-9445
Colônia do Gurgueia

Colônia do Gurgueia

Geney Ribeiro Correspondente do município.

[email protected]

(89) 99403-9445

Cidades - Abastecimento d'água

Postada em 09/10/2019 ás 11h49 - atualizada em 09/10/2019 ás 12h03

Publicada por: Geney Ribeiro

Assembleia discute soluções para o problema da água em Aliança do Gurgueia
A assembleia foi convocada pelo presidente da Associação Toco Preto
Assembleia discute soluções para o problema da água em Aliança do Gurgueia

Presidente da Associação

Nessa terça-feira (08/10), aconteceu na Comunidade Aliança do Gurgueia, município de Colônia do Gurgueia-PI, uma assembleia convocada pelo presidente da Associação Toco Preto, Francisco Ricardo Soares de Brito para prestar conta das ações da Associação que é responsável pela arrecadação de receitas e pagamento das faturas de energia das bombas que abastecem a comunidade e discutir com os moradores possíveis soluções para resolver o problema da comunidade que está há 14 dias sem água.

Foi apresentado especificamente a prestação de contas do mês de janeiro a setembro de 2019, que é o período que corresponde o problema. Segundo os números apresentados pelo presidente, a Comunidade Aliança do Gurgueia possui 350 residências consumidora de água. A taxa mensal pelo consumo de cada morador é de R$ 23 reais, o que somaria o valor mensal de R$ 8.050,00 (Oito mil e cinquenta reais).

De acordo os dados apresentado se todos os moradores pagassem a taxa de 23 reais mensal, de janeiro a setembro a associação teria arrecado o valor de R$ 72.450 (Setenta e dois mil, quatrocentos e cinquenta reais), mas nesse período o dinheiro arrecadado foi R$ 42.021,00 (Quarenta e dois mil e vinte e um reais), ou seja, ficou o valor de R$ 30.429,00 reais que pessoas da comunidade não pagaram, esse valor a associação precisa receber para juntar com o valor que existe em caixa e quitar o débito em aberto.

Dos R$ 42.021,00 arrecadados a associação teve em despesas o valor de R$ 36.28,12. E resta em caixa o valor de R$ 5.739,88.

Hoje a comunidade tem um débito junto à empresa fornecedora de energia de R$ 17 mil reais de uma bomba e 27 mil reais da outra bomba. Para religar a energia das bombas, esse débito precisa ser pago.

A prefeita Doquinha foi convidada para reunião e demonstrou total interesse em resolver o problema o mais rápido possível. “Se o município pudesse parcelar esse débito eu já teria feito, mas não tenho como prestar conta, temos que tirar aqui alguns encaminhamentos, como: a formação de uma equipe de voluntários para receber o dinheiro das pessoas que estão em débito ai o município vai fazer a sua parte a associação vai fazer a dela e a população também vai fazer a sua”.

Nos encaminhamentos finais da assembleia, foi formada uma comissão para receber o dinheiro que a comunidade deixou de repassar para a associação no valor 30.429,00 reais para quitar uma das bombas e solucionar o problema.

Enquanto o problema persistir, a prefeita Doquinha se comprometeu a manter a comunidade abastecida todos os dias com carro pipa. A prefeitura vai instalar um gerador no poço para puxar água, enquanto normaliza a situação.

 

 

 

 

 

Fonte: Adelmir Andrade

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium