Domingo, 17 de novembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação 2
[email protected]
86 8832-9921
Turismo no Piauí

Turismo no Piauí

Layza Ribeiro Sou formada em Bacharelado em Turismo pela Faculdade das Atividades Empresariais de Teresina - FAETE. Neste espaço vou compartilhar discussões a cerca de temas referentes ao turismo no estado do Piauí.

[email protected]

86 8832-9921

Brasil - Ações inovadoras

Postada em 15/10/2019 ás 08h45 - atualizada em 15/10/2019 ás 09h06

Publicada por: Layza Ribeiro

Prêmio Nacional do Turismo 2019; últimos dias de inscrições
MTur incentiva a participação de gestores públicos, privados e profissionais da área na seleção
Prêmio Nacional do Turismo 2019; últimos dias de inscrições

Foto: Reprodução

Gestores públicos, privados e representantes da sociedade civil responsáveis por ações inovadoras no mercado de viagens têm até esta quinta-feira (17) para inscrever projetos no 2º Prêmio Nacional do Turismo (CLIQUE AQUI PARA INSCRIÇÕES). Organizada pelo Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT), a seleção busca identificar, destacar e disseminar boas práticas no setor, cujos representantes serão reconhecidos com a entrega de troféus (ACESSE AQUI O EDITAL).

Cumprindo agenda internacional na China, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, estimulou a participação no processo. “Eu convido a vocês, empreendedores, gestores, todas as pessoas que têm projetos para o desenvolvimento desse setor, que façam suas inscrições. O nosso objetivo é fazer uma grande festa de valorização desses profissionais, que tanto têm contribuído com o setor do turismo e com toda a cadeia produtiva do nosso Brasil, ajudando cada vez mais a gerar emprego, renda e inclusão social por meio do turismo”, justifica o ministro.

No grupo ‘Iniciativas de Destaque’, o Prêmio envolve 11 categorias: Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo; Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo; Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo; Turismo de Base Local; Produção Associada ao Turismo; Turismo Social, Tecnologia no Turismo; Marketing e Comercialização do Turismo; Melhoria do Ambiente de negócios e Atração de Investimentos e Turismo Social.

Podem participar entidades públicas; instituições do Sistema S, como Sebrae, Senac e Sesi; entidades da sociedade civil organizada; pessoas jurídicas; representantes de grupos coletivos e empreendimentos turísticos. As iniciativas devem ser aplicáveis especificamente no turismo, apresentar resultados comprovados e benefícios que tenham afetado positivamente o visitante e o desenvolvimento do setor nos últimos 24 meses, além de não terem sido premiadas anteriormente.

Os projetos serão avaliados por uma comissão julgadora, composta por representantes do MTur, do CNT e especialistas. O resultado preliminar da etapa de habilitação vai ser divulgado em 30 de outubro, e o dos finalistas, no dia 22 de novembro, no site www.turismo.gov.br. Os concorrentes finais serão conhecidos em 29 de novembro, após um prazo para a apresentação de recursos. O anúncio dos vencedores (primeiro, segundo e terceiro colocados) ocorrerá durante uma cerimônia marcada para 5 de dezembro deste ano, em Belo Horizonte (MG).

VISIBILIDADE

O 1º Prêmio Nacional do Turismo, entregue em dezembro de 2018, no Rio de Janeiro, consagrou sete iniciativas que favoreceram o fortalecimento do mercado de viagens, entre um total de 208 projetos inscritos. Na categoria Inovação Tecnológica, o vencedor foi o Voucher Digital de Barreirinhas (MA), porta de entrada dos Lençóis Maranhenses. O sistema, desenvolvido conjuntamente com o Sebrae, usa pulseiras eletrônicas, distribuídas a turistas por agências de turismo credenciadas, que monitoram a procura por atrativos e subsidiam gestores públicos com estatísticas.

11_10_19_voucher_digital_barreirinhas_ma_credito_pefeitura_municipal.jpg

Projeto de pulseiras eletrônicas, em Barreirinhas (MA), venceu a categoria inovação tecnológica em 2018. Crédito: Arquivo Pessoal

O prefeito da cidade, Albérico Filho, conta que o reconhecimento aumentou a busca pela regularização de serviços junto ao Cadastur e despertou o interesse de municípios próximos. “Depois do Prêmio, estamos sendo muito procurados para que a gente faça palestras e divulgue essa ferramenta, extremamente importante para o gerenciamento do turismo. O Prêmio deu muito mais visibilidade à necessidade de inovação que precisamos ter para estimular o crescimento turístico e fazer o Brasil ocupar um papel de destaque no turismo internacional”, ressalta o prefeito.

Já a operadora de viagens Vivejar, primeira colocada em 2018 na categoria Turismo de Base Comunitária e Produção Associada ao Turismo, registrou expressivo crescimento na definição de parcerias. Criada há três anos, a empresa é especializada em roteiros que promovem experiências em parceria com comunidades tradicionais, como na periferia de São Paulo, em áreas de produção de cerâmica do Vale do Jequitinhonha (MG) e comunidades ribeirinhas do Amazonas e do Pará, além de comunidades indígenas do Mato Grosso.

A diretora da Vivejar, Marianne Costa, comemora avanços conquistados. “O fato de a gente ter ganhado o Prêmio do MTur, somado ao Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, em 2018, abriu muitas portas com parceiros internacionais. Eles se preocupam muito com a reputação da empresa no país, e o Prêmio abriu possibilidades com empresas que talvez, nesse momento, a gente ainda não tivesse. Isso ampliou muito a nossa visibilidade e fez os nossos roteiros estarem hoje em muito mais prateleiras”, relata.

PROFISSIONAIS

O 2º Prêmio Nacional também vai reconhecer, na forma de medalhas e certificados, profissionais inovadores ou que tenham atuado pelo desenvolvimento do ramo nos últimos 24 meses. Esta seleção permite somente a participação de pessoas físicas, nas categorias Academia, Governo (Dirigentes e Técnicos), Empreendedores de Médio e Grande Porte, Micro e Pequenos Empreendedores, Organizações Não Governamentais, Mídias Sociais e Imprensa.

Podem participar agentes públicos, parlamentares, professores, pesquisadores, cientistas, empresários, profissionais do terceiro setor, jornalistas, blogueiros e influenciadores digitais. A inscrição deve ser feita pelos próprios profissionais ou terceiros, desde que haja confirmação quanto à ciência do indicado, por meio do site www.turismo.gov.br. Os finalistas passarão por uma votação popular pela internet, que estará disponível no site do MTur no período de 14 de novembro a 1º de dezembro de 2019.

No Prêmio Nacional de Turismo de 2018, também foram reconhecidos cinco profissionais com atuação destacada na área, que disputaram uma votação popular com outros 24 finalistas, num total de 44,2 mil avaliações. Confira aqui a relação de agraciados e os trabalhos desenvolvidos.

Fonte: Mtur

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium