Quinta, 21 de novembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação
[email protected]
(86) 99915-1055
Sexo e Prazer

Sexo e Prazer

Prazerosos Tudo sobre o universo sexual.

[email protected]

(86) 99915-1055

Geral - Para não dar ruim...

Postada em 16/10/2019 ás 09h30 - atualizada em 30/10/2019 ás 09h16

Publicada por: Marina Sousa

Descubra o que não se deve comer antes de fazer sexo
Especialista aponta alimentos que não devem ser consumidos.
Descubra o que não se deve comer antes de fazer sexo

Foto: Reprodução

Já é sabido que diversos fatores externos interferem no desejo e desempenho sexual, como exercícios físicos, aspectos psicológicos e até mesmo fortalecimento da pélvis. Mas e a comida?

No Dia Mundial da Alimentação, celebrado neste 16 de outubro, é bom ficar atento ao que se come, já que uma série de opções pode afetar o rala e rola – principalmente para o lado negativo, porque, afinal, ninguém merece ter uma transa mais ou menos nem passar por uma situação constrangedora por causa de um lanche mal escolhido.

De acordo o nutricionista Daniel Novais, um dos principais vilões alimentares quando trata-se de sexo é a gordura. A justificativa? O excesso dela pode se acumular nas artérias e acabar diminuindo o fluxo sanguíneo, o que, no caso dos homens, dificulta ereções. “Se a alimentação for rica em gordura insaturada e trans, o prejuízo vem em médio ou longo prazo. É bom evitar comer muita fritura, por exemplo”, explica.

O açúcar também não é muito indicado, por ser tratar de um carboidrato que, se consumido em excesso, também favorece o acúmulo de gordura, especialmente em pessoas sedentárias. “Muito açúcar no sangue tende a reduzir o desejo sexual, comprometendo uma boa performance”, alerta.

Resultado de imagem para food and sex gif

E uma bebidinha?

Quem não gosta de um date com um delicioso jantar e várias taças de vinho para anteceder um sexo quente? No entanto, pode não ser uma boa ideia. Segundo o especialista, o consumo excessivo e em longo prazo de bebidas alcoólicas também está ligado a eventuais dificuldades de ereção. “A bebida alcoólica atua em partes do cérebro que estão associadas à excitação e ao prazer, sem contar que o álcool é um inibidor do sistema nervoso”, aponta Novais.

O lembrete também se estende aos alimentos com mesmo efeito, como abacate, mamão, ameixa, oleaginosas e café. Para evitar constrangimentos, o melhor é deixar a guacamole para um encontro sem muitas expectativas posteriores.

Fonte: Metrópoles

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium