Sexta, 18 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro
[email protected]
(89) 9 9920-1357
Picos

Picos

Jucelma Sales Correspondente do município.

[email protected]

(89) 9 9920-1357

Cidades - SOS UESPI

Postada em 30/10/2019 ás 15h08

Publicada por: Geysa Silva

Alunos da Uespi de Picos paralisam aulas pela segunda vez e cobram atitude
Não apenas em Picos, mas em várias cidades do Estado, como por exemplo a capital Teresina
Alunos da Uespi de Picos paralisam aulas pela segunda vez e cobram atitude

Foto: Divulgação

Teve início na manhã desta terça-feira (29) e segue durante toda esta quarta-feira (30) a segunda paralisação na Universidade Estadual do Piauí, Campus Professor Antônio Barros Araújo, em Picos, cujo objetivo é chamar a atenção do Governo aos problemas enfrentados pelos alunos, professores e servidores do local.

Não apenas em Picos, mas em várias cidades do Estado, como por exemplo a capital Teresina, os campi decidiram paralisar suas atividades para reivindicarem a situação de calamidade em que vivem os discentes e docentes.

“No dia de ontem tivemos umas palestras muito bem elaboradas e muito bem apresentadas. Acredito que os alunos presentes aproveitaram bem, souberam do que os palestrantes falaram e entenderam, pois os alunos sabem quais são os nossos problemas por vivenciá-los. É algo que já foi mastigado e não tem mais o que se discutir” declarou a estudante do 5º período de Direito e diretora de planejamento do Diretório Central Estudantil, Kirllyan Crys.

Ela disse ainda que esperava mais da adesão dos alunos na paralisação, assim como foram presentes na assembleia.

“Tivemos assembleias com grande adesão, sendo uma delas com participação histórica dentro de nossa gestão, mas quando chegou no momento de paralisar, os alunos não apareceram. Então avalio como frustrante isso tudo. Como gestores do DCE, estamos decepcionados, pois tivemos a palavra deles de que estariam presentes na luta, mas não houve adesão. Mas quero enaltecer a presença dos eu aqui estiveram. Foram momentos gratificantes e vamos seguir a luta”, disse.

Kirllyan ressaltou que a luta é para chamar, com urgência, a atenção dos gestores sem que seja necessário o início de uma greve para isso.

“Esperamos que o Governador e sua assessoria, assim como a Secretaria de Educação, tenham consciência e tentem, pelo menos nos ouvir, pois sabemos que eles sabem de nossos problemas. A sociedade inteira sabe. Nós fizemos isso tudo para chegar em mais pessoas. Chamamos a mídia e continuamos a fazer de tudo para conscientizar a sociedade para que isso chegue ao Governo e eles tenham a consciência de que podem fazer alguma coisa. Então agora é esperar”, concluiu.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium