Sexta, 18 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro 2
[email protected]
(89) 9 9920-1357
Picos

Picos

Jucelma Sales Correspondente do município.

[email protected]

(89) 9 9920-1357

Cidades - 149 casos em 2019

Postada em 30/10/2019 ás 15h12

Publicada por: Geysa Silva

CTA de Picos promove campanha de prevenção e combate à sífilis
Neste ano, o foco são as gestantes que possuem a doença e acabam, muitas vezes, transmitindo
CTA de Picos promove campanha de prevenção e combate à sífilis

Foto: Divulgação

O Centro de Testagem e Aconselhamento na Prevenção e Combate de Doenças e Infecções Sexualmente Transmissíveis de Picos, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, na manhã desta quarta-feira (30), na Praça Josino Ferreira, uma campanha de contra a sífilis.

A equipe de profissionais do CTA realizou testes rápidos e gratuitos para rastreio da infecção na população. Segundo a coordenadora do CTA, Isabel Fontes, a doença precisa ser descoberta no início para, quanto mais cedo, mais rápido o tratamento e cura. Ela lembra ainda que, na maioria dos casos, não há sintomas que demonstrem que a pessoa está infectada.

“A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível. É uma doença que, na maioria dos casos, não possui sintomas. Ou seja, a pessoa pode ter e não saber. É por isso que esse ano a nossa campanha é: faça o teste de sífilis – você pode ter e não saber”, disse ela.

Isabel relatou ainda que a campanha é feita rotineiramente, mas que todo ano, no mês de outubro, ela é enfatizada. Neste ano, o foco são as gestantes que possuem a doença e acabam, muitas vezes, transmitindo para os bebês sem terem conhecimento, por conta da falta de sintomas. É a chamada sífilis congênita.

Este ano estamos com foco em uma classe especial em nossa cidade: as gestantes. Foram notificados 24 casos de mulheres grávidas com a sífilis. Por isso fica nosso alerta à população com relação a essa infecção, que tem aumentado muito o número de casos. Em outubro sempre fazemos essa campanha de prevenção e combate à sífilis. Esse ano estamos enfatizando a questão da sífilis congênita, porque ela é passada da mãe para o bebê. Então, por não haverem sintomas e como não é feito o teste, muitas vezes a mãe nem sabe que tem a doença. Aí quando o bebê nasce, ele nasce com a sífilis congênita. Para evitar isso, a mãe tem que fazer o teste porque ao dar positivo, ela já faz o tratamento. Chamamos a atenção para o companheiro, pois ele tem que realizar o teste. Se a gestante faz e trata, mas ele não, ela pode ter a reinfecção”, explicou.

Em Picos já foram notificados 149 casos de janeiro até agora, sendo 63 casos em homens e 86 em mulheres. Destas, 24 casos em gestantes.

Fonte: Cidades na Net

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium