Sexta, 25 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro 2
Política - PEC

Postada em 12/11/2019 ás 14h32 - atualizada em 12/11/2019 ás 14h33

Publicada por: Bruna Sampaio

Reforma da Previdência é promulgada e novas regras entram em vigor
A estimativa de economia é de cerca de R$ 800 bilhões em 10 anos.
Reforma da Previdência é promulgada e novas regras entram em vigor

Geraldo Magela/Agência Senado

O Congresso promulgou nesta terça-feira (12) a Emenda Constitucional 103, de 2019, que altera o sistema de Previdência Social e estabelece regras de transição e disposições transitórias. Apresentada pelo governo em fevereiro, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019 tramitou por seis meses na Câmara e quase três no Senado. O objetivo da medida, segundo o Executivo, é reduzir o déficit nas contas da Previdência Social. A estimativa de economia é de cerca de R$ 800 bilhões em 10 anos.

O presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, classificou o dia como histórico e considerou a reforma da Previdência como uma das mais importantes alterações feitas na Carta Magna, em seus 31 anos de existência. Ele destacou o esforço coletivo dos parlamentares para aprovação da matéria ainda em 2019 e explicou que o Senado, como Casa da Federação, tinha o dever de acelerar a tramitação da proposta, a fim de promover ajustes nas contas da União, dos estados e municípios. Davi adiantou que a atenção, agora, deve se voltar à PEC Paralela (PEC 133/2019) e às demais reformas propostas pelo Poder Executivo.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o Congresso concluiu um ciclo importante a respeito de um tema decisivo para o futuro do país. Ele ponderou que a Emenda Constitucional 103, aliada a outras reformas, como a tributária, reduz desigualdades ao taxar mais quem ganha mais. Maia disse que o Parlamento precisa ter coragem para enfrentar esses temas, porque o país não pode continuar a crescer com base no atendimento a interesses particulares.

Mudanças

A Emenda Constitucional 103 institui novas alíquotas de contribuição para a Previdência, além da exigência de idade mínima para que homens e mulheres se aposentem. As novas regras entram em vigor imediatamente, exceto para alguns pontos específicos, que valerão a partir de 1º de março de 2020. É o caso, por exemplo, das novas alíquotas de contribuição que começarão a ser aplicadas sobre o salário de março, que em geral é pago em abril. Veja aqui as principais mudanças.

 

Fonte: Agência Senado

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

Ganhadores da 75° extração do show de prêmios São João dos Patos da sorte

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Aulas presenciais das redes Municipal e Particular de Timon continuam suspensas

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Assentamento Buritizinho produz grande quantidade de Caju

Esperantina-PI Por Francisco Menezes

Prefeita Vilma Amorim vai torrar meio milhão com empresa investigada pela PF

Demerval Lobão - PI Por Katia Cruz

Demerval Lobão | Cursos presenciais e a distância é na Meta Treinamentos

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium